Sistema Público de Comunicação é destaque no prêmio de jornalismo do Ministério Público

Com o tema “Uma década conectando cidadania à notícia”, o Ministério Público do Acre realizou na noite desta sexta-feira 13, a premiação dos trabalhos vencedores da 10ª edição do Prêmio Estadual de Jornalismo, realizado pela instituição há 10 anos.

Entre os vencedores, a Agência de Notícias do Acre e a Rádio Difusora Acreana foram destaques nas categorias Estudante e Radiojornalismo, com as matérias do estagiário Disney Oliveira, intitulada “Depressão: É possível ficar de pé sobre o oceano?” e da radialista de Cruzeiro do Sul, Luciana Teixeira, cujo título foi “O Ministério Público  levando Cidadania através da música”. Este é 18º prêmio conquistado pela jornalista em sua carreira.

Além deles, o repórter fotográfico Marcos Vicentti, que integra a equipe da Secretaria de Comunicação do Estado, foi o primeiro colocado na categoria Fotojornalismo, com uma foto sobre a deficiência física feminina, cuja publicação ocorreu no site de notícias Contilnet.

Durante a celebração do evento, que ocorreu no Palácio do Comércio, em Rio Branco, houve a apresentação da banda musical que integra o projeto Musicalizando Pessoas com Amor, Garotos do Sótão. A iniciativa em realizar o prêmio de jornalismo já é tido pelo Conselho Nacional do Ministério Público como referência em relacionamento com a imprensa e a ideia é mostrar os avanços nas áreas de atuação do órgão, seja na esfera judicial ou extrajudicial.

Entre os vencedores deste ano foram destaques: Débora Ribeiro, na categoria Telejornalismo, pela TV Gazeta, Juan Diaz, na categoria Jornal Impresso, pelo Jornal Opinião, Janine Brasil, na categoria Webjornalismo, pelo site G1 Acre, Marcos Vicentti, em Fotojornalismo, pelo site ContilNet, Miracélio Amorim, destaque acadêmico em Publicidade, pela Unimeta, Disney Oliveira, na categoria estudante, pela Agência de Notícias do Acre e Luciana Teixeira, na categoria Radiojornalismo, pela Rádio Difusora Acreana.

“Eu estou muito feliz por ter ganhado o prêmio e acredito que esse momento seja um passo importante para o meu futuro. Eu pude contar com o apoio e a confiança de pessoas especiais, mas, a minha alegria é ainda maior porque a premiação veio sobre um tema muito importante para mim. A depressão é uma doença séria e precisa ser mais debatida e discutida pela sociedade. O Ministério Público do Acre realizou várias atividades durante o Setembro Amarelo e isso, sem dúvidas, é algo que me deixa feliz. É dar a importância correta não apenas ao assunto, mas às pessoas que sofrem com a doença”, disse o vencedor na categoria Estudante, Disney Oliveira, da Agência de Notícias do Acre.

 

Agência