O Rio Branco

Hoje é 18 de Agosto de 2018

Geral

Técnicos agrícolas agradecem Tião Viana pela concessão de reajustes salariais da categoria

13 de Junho de 2018 às 08:38:55

O governador Tião Viana recebeu na tarde desta terça-feira, 12, um grupo de técnicos agrícolas do Estado que veio agradecer o empenho do governo na instituição do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR) ainda no ano passado.

Em fevereiro de 2017, mais de 24 mil servidores do Estado foram beneficiados com os reajustes e mudanças nos Planos de Carreiras, Cargos e Remuneração (PCCRs) em diversas categorias. Segundo a Secretaria da Gestão Administrativa (SGA), o impacto financeiro das medidas na folha de pagamento do Estado, apenas naquele ano, foi superior a R$ 124 milhões.

Agora, o governo se esforça para atender particularidades judiciais de uma pequena parte da categoria dos técnicos agrícolas, com grupos regidos por leis e regimes diferentes que estão sendo adaptados para também serem contemplados.

“Acredito na carreira de cada servidor público e nesse suporte essencial dado pelos técnicos agrícolas no nosso projeto de desenvolvimento do Acre. Só em meu governo estamos chegando a quase cinco milhões de mudas plantadas, além de um grande foco dado ao setor rural e à agroindustrialização que contou com o apoio dessa categoria”, declarou Tião Viana.

“Pedimos esta audiência para fazer esse agradecimento e ouvir do governador a confirmação de que os servidores de categorias diferentes serão contemplados pela lei”, destacou o presidente do Sindicato dos Técnicos Agrícolas do Estado do Acre, Sebastião Jaccond.

O deputado estadual Lourival Marques, que tem um mandato voltado às questões do setor rural produtivo, também esteve presente. Ele foi um dos defensores do projeto de lei e apoio à resolução de todas as situações.

“É a valorização do servidor, para que ele trabalhe com mais dignidade e leve ao homem do campo mais esperança e compromisso com o setor produtivo. Encerramos aqui um ciclo de compromisso do governo com esta categoria”, disse o parlamentar.

 

 

Agência




Compartilhar