O Rio Branco

Hoje é 19 de Abril de 2019

Geral

Plataforma diz que Rio Branco é a quarta capital com maior número de fumantes

13 de Abril de 2019 às 12:59:01

Por Wanglézio Braga

A Saúde no Brasil, enfim, pode comemorar. Segundo levantamento divulgado pelo Ministério da Saúde (MS), realizado pela Vigitel em parceria com a plataforma Cuponation, diminuiu o número de fumantes nas capitais. Rio Branco, ocupa a 4a posição no ranking geral. Em relação à diminuição, foram computados 54% em relação a última pesquisa, mesmo assim deve manter alerta.

Os dados foram levantados para entender melhor o percentual e quanto os brasileiros estão economizando de acordo com o número que deixaram de fumar.

No levantamento, Porto Alegre, no Rio Grande do Sul, está no topo da lista com 60,2% da diminuição do uso do tabaco. Em 2º e 3º lugar ficaram Palmas, com 59% e Macapá, com 57,6%, representando os estados de Tocantins e Amapá, respectivamente. A última capital do ranking é Natal, no Rio Grande do Norte, com 29,8%. Do total de entrevistados, 45,6% são mulheres e 43,5% homens.

E por que dessa diminuição? Para o departamento de Doenças e Agravos Não Transmissíveis e Promoção da Saúde, o principal motivo da redução de pessoas expostas ao produto, além das propagandas obrigatórias sobre os malefícios que o hábito pode causar, foi a regulamentação da Lei que proíbe o ato de fumar cigarros, charutos, narguilés e outros produtos em locais fechados e de uso coletivo.

A plataforma fez também uma conta explicativa sobre como um fumante pouparia dinheiro em alguns anos. Para isso, levaram em consideração o preço médio de um maço de cigarros de R$10, conclui-se que cada uma dessas pessoas pouparam cerca de R$ 3.650 em um ano, ou seja, mais de três salários mínimos e mais de um salário médio de R$ 2.500 (segundo o IBGE).

Ao calcular pelo período de oito anos, a economia seria de R$29.200. Considerando que a compra diária fosse de 2 maços de cigarros ou mais, a economia anual seria de no mínimo R$ 7.300. Ao longo dos anos de pesquisa (oito anos), a poupança seria de R$ 58.400 mil reais.




Compartilhar