O Rio Branco

Hoje é 19 de Julho de 2018

Geral

Tião Viana prestigia inauguração do aeroporto de Rio Branco

13 de Abril de 2018 às 08:46:48

O ministro dos Transportes, Portos e Aviação, Valter Casimiro, e o governador Tião Viana entregaram na tarde desta quinta-feira, 12, as obras de manutenção e ampliação do Aeroporto Plácido de Castro, em Rio Branco, após um investimento do governo federal de R$ 172 milhões.

Autorizada ainda no governo da ex-presidente Dilma Rousseff, a obra do aeroporto de Rio Branco mudou sua estrutura em todos os aspectos. A estrutura ganhou novas salas de embarque e desembarque doméstico e internacional. O terminal recebeu escadas rolantes, 16 novas posições de check-in, mais uma esteira para restituição de bagagens e mais um elevador. Foram disponibilizadas quatro lojas para locadoras de veículos e salas para órgãos públicos, além da ampliação do numero de quiosques, lojas e praça de alimentação.

Só a recuperação da pista consumiu R$ 135 milhões. Toda a sua base foi substituída, com a aplicação de um novo pavimento asfáltico, aumentando o suporte e melhorando o nível de conforto de rolagem das aeronaves, pistas de taxiamento e pátio de aeronaves.

Para Tião Viana, a grande novidade da reforma do terminal do aeroporto é a inclusão de uma identidade amazônica através da doação do projeto arquitetônico feito pela primeira-dama Marlúcia Cândida, além da possibilidade de novos mercados nacionais e internacionais para o estado.

“O fato é que essa obra assegura um novo caminho para a economia do Estado, pra infraestrutura, porque ela nos permite uma integração com o mercado andino, agora que o aeroporto já pode acolher essa possibilidade. Ganha o Acre, ganha o Brasil e ganha a América Andina através de uma obra que dá segurança e qualidade para os usuários”, conta o governador.

Um espaço para oportunidades

Só em 2017, o aeroporto de Rio Branco movimentou quase 345 mil passageiros e 1,5 mil toneladas de carga. Com as obras, a capacidade operacional do terminal salta de 1,3 milhão para 2,4 milhões de passageiros por ano.

Segundo o ministro Valter Casimiro, o empreendimento faz parte do Programa Avançar, que prevê a retomada de grandes obras a serem concluídas até o final de 2018.

“É uma reforma que dobra a capacidade de atendimento do aeroporto, triplica a área do terminal, dá mais conforto para a população do Acre. Isso fomenta o turismo, fomenta o desenvolvimento da região”, destaca o ministro dos Transportes.

Um visual acreano

O projeto do Aeroporto Plácido de Castro teve a participação da primeira-dama do Estado, arquiteta Marlúcia Cândida, em forma de colaboração com a Infraero, conforme atesta oRegistro de Responsabilidade Técnica ((1772570)inscrito no Conselho de Arquitetura e Urbanismo no dia 19 de novembro de 2013.

Segundo Marlúcia Cândida, a ideia do projeto é de que, ao chegar ao aeroporto, a pessoa sinta a presença da Amazônia na arquitetura, de forma simples e leve, com os pilares em forma de galhada em sua fachada e os painéis internos, que lembram a floresta, com todos os detalhes em madeira.

“É um sentimento de muita alegria, primeiro porque sabemos como foi difícil para o Acre ganhar esse presente no período pra presidente Dilma, antes da Copa, quando a Infraero decidiu reformar os aeroportos. E tivemos a liberdade de criar e deixar aqui nossa identidade regional, com muita leveza, mas mostrando para as pessoas que elas chegaram na Amazônia, chegaram no Acre”, ressalta Marlúcia Cândida.

 

 

Agência

 




Compartilhar