Imagens mostram roubo do carro de Daniel Alves em São Paulo

Imagens de câmeras de monitoramento mostram o carro do jogador do São Paulo, Daniel Alves, deixando um estacionamento após ser roubado em Pinheiros, na zona oeste da capital paulista, na noite de terça-feira (11). O registro pode ajudar a Polícia Civil a identificar os envolvidos no roubo. Até o momento, nem o veículo, nem os responsáveis foram encontrados.

De acordo com um funcionário do local, um suspeito teria entrado pela rua de trás do estacionamento pulando o muro de uma construção vizinha. As primeiras informações da Polícia Militar indicavam que dois homens armados tinham invadido o local, rendido um manobrista, e roubado o veículo do atleta, um Mercedes Benz GLE-400 branco avaliado em R$ 460 mil.

O estacionamento fica ao lado de um restaurante japonês, em uma área nobre de São Paulo. No vídeo, é possível ver o momento em que uma viatura do 23° batalhão chega ao local depois do carro ter sido levado. O dono do estabelecimento e o manobrista foram ouvidos.

O jogador compareceu ao 14º DP (Pinheiros) e registrou um boletim de ocorrência.  De acordo com a SSP-SP (Secretaria de Segurança Pública de São Paulo), a delegacia que atende os bairros de Pinheiros e Vila Madalena registrou 230 furtos de veículos em 2019. Moradores da região afirmam roubos de carro são frequentes.

 

R7


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.