Azul anuncia retorno de voos para o Acre

Pedido do governador foi atendido pela empresa, que vai operar jatos de última geração da brasileira Embraer, em Rio Branco e Cruzeiro do Sul

A Azul Linhas Aéreas vai voltar a operar no Acre, segundo anunciou nesta quinta-feira, 12, o governador Gladson Cameli. O retorno dos voos da empresa, conhecida pela prática do low-fare, low-cost, de baixo custo, foi intermediado por interlocutores de Cameli com o proprietário da empresa, David Neeleman, em São José dos Campos.

Nesta quinta, a Azul recebeu o seu primeiro jato regional Embraer E195-E2, de um total de 51 aeronaves que serão adquiridas pela companhia, na cidade paulista que é sede da fábrica.

“Estamos felizes de retornar para o Acre e, sobretudo, oferecendo uma aeronave que é estado-da-arte hoje no mercado”, afirmou John Rodgerson, presidente da Azul, por telefone à Agência de Notícias do Acre.

Para o governador Gladson Cameli, que encontra-se na Alemanha em compromissos governamentais, a entrada de mais uma companhia aérea, respondendo a um pedido seu, garante mais uma opção de voar com qualidade a um preço justo.

“O retorno da Azul vai permitir ampliar o leque de destinos não só desde Rio Branco, mas também para Cruzeiro do Sul, já que ela também vai operar lá. Estou imensamente agradecido por isso”, ressaltou o governador, desde a Europa por meio de aplicativo de comunicação.

Um dos interlocutores para que a empresa correspondesse à solicitação de Gladson Cameli foi o consultor Irlan Silva. Ele diz que a companhia já tinha feito um levantamento econômico da viabilidade de um voo ligando o sudeste a Porto Velho, Rio Branco e Cruzeiro do Sul.

“Embora, economicamente não seja ainda uma rota de alta rentabilidade, hoje precisávamos desse gesto da empresa como um ato de confiança no novo governo. É um ato que simboliza a renovação à qual tanto os acreanos anseiam”, disse Silva.

A ideia, segundo Irlan Silva, é impulsionar o desenvolvimento regional, inclusive ligando as cidades peruanas de Cusco, Porto Maldonado, Pucallpa e a capital, Lima, ao Acre e a Rondônia, no futuro.

O Embraer E195-E2 é o maior avião comercial já produzido pela fabricante brasileira, com capacidade para até 146 passageiros. A aeronave oferece uma economia de 25% no combustível por assento, o que garante à Azul aumentar suas rotas. Outro diferencial é que, a partir de janeiro, todos os aviões deixarão a fábrica já com conexão de internet a bordo. O E195 ganhou também novas poltronas, telas maiores, carregador USB e mais espaço para bagagem de mão.

 

Agência


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.