O Rio Branco

Hoje é 26 de Setembro de 2017

Geral

Marcus Alexandre entrega equipamentos para fortalecer agricultura familiar

12 de Setembro de 2017 às 08:20:48

A expansão do uso da tecnologia para o fortalecimento da agricultura familiar é um dos mecanismos utilizados pela Prefeitura de Rio Branco. Nesta segunda-feira, 11, na CEASA, o prefeito Marcus Alexandre entregou equipamentos agrícolas, a associações de produtores rurais da capital, que vão substituir as enxadas no campo e proporcionar que a produção possa ser triplicada. São nove microtratores, 33 motores estacionários e 34 fornos para casas de farinha.

Os equipamentos foram adquiridos por meio de emenda do deputado federal licenciado Sibá Machado, através do Ministério da Agricultura e vão atender a cadeia produtiva da mandioca e a hortifrutigranjeira no Cinturão Verde, em regiões como a Transacreana, Belo Jardim, Benfica, Catuaba e Quixadá. 

Os microtratores podem ser utilizados para o preparo da terra, adubação e transporte dos produtos. De acordo com o secretário Municipal de Agricultura e Floresta, Jorge Fadell, uma hora do trator equivale ao trabalho de 10 homens durante todo o dia com enxadas. “Hoje um hectare aberto equivale ao ganho de quatro salários mínimos. Com esses equipamentos, a tendência é que a área plantada aumente e por consequência a produção e a renda das famílias”, explica. 

A aquisição dos itens agrícolas, o trabalho de abertura de ramais, executado em parceria com o Governo do Estado, o transporte da produção e as Ferinhas de Bairro, onde a produção é comercializada, são ações que, segundo o prefeito Marcus Alexandre, potencializam os esforços dos produtores. “Nossos agricultores são exemplo de trabalho e precisam desses incentivos do poder público para incrementar a produção. Queremos ser parceiros para garantir que a tecnologia faça a diferença na nossa agricultura familiar”, destaca o prefeito.

Presentes na solenidade de entrega dos esquipamentos, Sibá Machado e o deputado estadual Lourival Marques ressaltam a importância do uso da tecnologia na produção de alimentos. “Sair da era da enxada para o uso da tecnologia é nossa meta e o prefeito Marcus Alexandre tem esse entendimento de forma clara, por isso Rio Branco avança nesse sentido”. Já Lourival Marques ressalta que “a economia rural é cada vez mais fortalecida na capital graças a essas ações da Prefeitura”. Luziel Carvalho, superintendente do Ministério da Agricultura no Acre, também esteve na solenidade de entrega dos itens na CEASA.

“Vamos triplicar a produção!”

Na área do Quixadá há uma grande produção de hortaliças e, segundo o presidente da Associação Rural, Manoel Souza, a tendência é que a área plantada seja triplicada com o auxílio da tecnologia. “Atualmente produzimos 60 mil maços de alface, couve e cheiro verde por semana e a tendência é triplicar essa quantidade. Estamos agradecidos”.

Israel dos Reis, o Mineiro, da Comunidade São José do Belo Jardim, também já planeja aumentar de meio para dois hectares a área cultivada de cada sócio. “Mais produção é mais renda para as famílias”, disse o produtor.

Neste Silva, da Comunidade Bom Jesus da Água Preta, na região do Barro Alto, na Transacreana, próximo ao Riozinho do Rôla, cita que, com os fornos e motores, os produtores que hoje lidam com horta vão passar a também fazer farinha de mandioca. “Estamos ansiosos para ter essa renda a mais com a farinha e itens como a goma”.    

Mais de 600 famílias produzindo hortaliças

Atualmente, a Prefeitura de Rio Branco, por meio da SAFRA, mantém mais de mil hortas na capital, onde trabalham cerca de 600 famílias. A secretaria, que possui 80 minitratores, garante ainda para os produtores a assistência técnica, kits estufa, kits de irrigação, transporte da produção e mais de 30 Ferinhas de Bairro, onde os itens são comercializado.

 

 

Asscom




Compartilhar