Nota de Repúdio e Documento Explanatório das Intenções Governamentais

 

NOTA DE REPÚDIO

O Governo do Estado do Acre vem a público repudiar ampla, geral e irrestritamente a inclusão de movimento político-partidário nas supostas manifestações do Sindicato dos Servidores da Saúde (Sintesac), na manhã desta terça-feira, 10, durante a qual ações oportunistas destoam do movimento legítimo proposto pelos representantes de classes.

Repudia, ainda, a agressão verbal e física, visivelmente induzida pelo deputado estadual Jenilson Leite (PCdoB), contra o diretor da Sesacre, Jorge Fernando Rezende. O referido parlamentar sequer participou dos diálogos entre o governo e a classe da saúde pública do Acre, transformando assim o tema em pautas politiqueiras que buscam atender tão somente seus interesses escusos.

A depredação do patrimônio público, diante da invasão desnecessária da sede da Secretaria de Estado de Saúde, foi legitimamente registrada pelo sistema de segurança. As imagens estão sendo colocadas à disposição da polícia para as devidas apurações e serão entregues aos órgãos judiciais responsáveis.

Desde que assumiu o governo do Estado em janeiro deste ano, o governador Gladson Cameli tem se pautado pelos diálogos constantes e a valorização dos servidores públicos, inclusive pagando dívidas com o funcionalismo público herdadas da gestão anterior, sempre se colocando à disposição para uma relação de respeito e compromisso contínuo entre a administração estadual e as categorias profissionais.

Por fim, o Governo do Estado do Acre continuará trabalhando para cumprir o propósito de alcançar melhorias para população na saúde pública, garantindo dignidade, respeito e compromisso com a sociedade acreana.

 

Alysson Bestene

Secretário de Estado de Relações Políticas e Institucionais

CLIQUE AQUI


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.