Paciente transferido para capital com suspeita de Covid-19 morre na Capital

O homem de 65 anos transferido para a capital na noite desta quarta-feira no período noturno, com suspeita de ter contraído o vírus covid-19, não resistiu e foi a óbito por volta das 23 horas desta quinta-feira, dia 9.

A verdadeira causa da morte ainda está sendo esperada pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesacre).

Até o momento, as informações dão conta que o paciente estaria com um problemas no pulmão, uma vez que era fumante ativo. Caso seja confirmado para o covid-19, o hospital regional Raimundo Chaar poderá ficar em quarentena, juntamente com todos os profissionais que tiveram contato com a vítima.

Como foi informado anteriormente, o paciente esteve na Capital 15 dias antes de retornar para Brasiléia e procurou o hospital com problemas respiratório na terça-feira passada. Em contato via telefone com alguns profissionais, não acreditam na hipótese de Covid-19, mas, terão de esperar o resultado oficial.

Alguns profissionais estão reclamando que a atual estrutura do hospital Raimundo Chaar, que teria 12 leitos para atender possíveis casos não está totalmente adequado, pois, se caso houvesse o paciente não teria sido transferido.

Importante destacar que o resultado da causa da morte do senhor ainda não foi divulgado.

 

OALTOACRE

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.