O Rio Branco

Hoje é 17 de Agosto de 2018

Geral

Encontro de grafiteiros reúne artistas nacionais e internacionais em Rio Branco

08 de Junho de 2018 às 09:30:56

Com o tema “Plantando cores, colhendo ideias”, teve início nesta quinta-feira, 7, o encontro internacional de grafiteiros. O RB Graffiti é uma realização do Coletivo de Artes Urbanas (CAUA), com apoio do governo do Estado e prefeitura de Rio Branco, por meio da Fundação Elias Mansour (FEM) e Fundação Garibaldi Brasil (FGB).

A abertura do evento, que está em sua segunda edição, foi realizada na Usina de Arte João Donato e reuniu artistas de vários estados do Brasil e de outros países.

“O graffiti tem se posicionado como uma arte que traz um posicionamento social e cultural nos espaços urbanos. Esse evento traz um intercâmbio internacional que valoriza essa cultura e a arte urbana, e o estado está presente no apoio a esses movimentos culturais”, ressaltou a presidente da FEM, Karla Martins.

Nesta edição, mais de 70 artistas participam do evento, numa troca de experiências por meio de apresentações artísticas, debates e workshops, além de apresentações de bandas locais e internacionais, Slam (poesia cantada), DJs e batalhas de break e de rimas, entre outros.

Em Rio Branco, alguns locais comuns foram transformados em pontos de encontro para os amantes da fotografia, com um registro mais casual a partir de um cenário cultural com a utilização dessa arte urbana.

“A FGB é uma fomentadora desse evento, que reúne a arte e a expressão cultural por meio das cores, na busca promover uma cultura de paz. A arte do grafite transforma a cidade em uma galeria de arte ao ar livre, como temos alguns espaços na cidade que tiveram outra proporção a partir da arte em grafite”, pontuou o presidente da FGB, Sérgio de Carvalho.

Chermie Ferreira é uma das mulheres em destaque em São Paulo que realiza alguns movimentos sociais urbanos. Durante a programação, ela será uma das palestrantes no workshop em Rio Branco.

“A arte não tem gênero. Queremos disseminar que todas as pessoas podem contribuir de alguma forma com essa cultura. Durante o workshop, vamos passar algumas técnicas utilizadas para deixar as expressões mais coloridas e atraentes ao público em geral e mostrar o potencial que ela representa para o mundo”, disse a artista.

Edson de Jesus fez questão de participar do evento, por visualizar nas redes sociais as produções de artistas acreanos, e parabeniza os organizadores do RB Graffiti.

“Estou muito feliz com este evento, que nos proporciona conhecer pessoas que têm a mesma concepção sobre essa cultura. Fiquei surpreendido com esse apoio no Acre, com um evento dessa magnitude. Parabéns aos acreanos”, destacou.

Um dos organizadores, José Alberto Júnior, conhecido como  Jr. TRZ, considera que o encontro representa um marco na arte urbana acreana, através da identidade cultural deixada pelos artistas em vários pontos da cidade. Durante a programação, os artistas irão deixar sua arte em algumas localidades: Rua da África  e na quadra poliesportiva da Praça Seis de Agosto (depois da Quarta Ponte).

Programação

Após a abertura do evento, os artistas participaram de um City Tour para conhecer os principais pontos turísticos da cidade. Ainda à tarde, os artistas iniciaram intervneções na Rua África, no bairro Seis de Agosto.

“Ontem fizemos o esquenta do RB Graffiti com mais de dez participantes numa intervenção [pintura em graffiti] no bairro da Paz. Hoje estamos iniciando a intervenção na Rua da Africa [após a Passarela Joaquim Macedo], com a presença do Wagner Santiago, que está contribuindo com o processo de união dos grafiteiros do Brasil. Tem muita coisa boa acontecendo ao longo desses quatro dias”, destacou.

 

 

Agência




Compartilhar