Marina elogia Bolsonaro por não alterar regras na produção de energia solar

Por Wanglézio Braga

Marina Silva (REDE) prestou um dos primeiros elogios ao governo Jair Bolsonaro. Em postagem realizada hoje (08), em sua rede social, a ex-senadora do Acre e ex-ministra do Meio Ambiente chegou a comentar a decisão do presidente da república que é seu adversário político e dos presidentes da Câmara, Rodrigo Maia e do Senado, Davi Alcolumbre, sobre não alterar as regras na produção de energia solar.

 “A decisão do presidente Bolsonaro e dos presidentes da Câmara e do Senado de assumir o compromisso de não alterar as regras na produção de energia solar, em oposição ao que defende a equipe econômica do governo e respeitando a autonomia decisória da Aneel, vai ao encontro dos reclames da sociedade e do imperativo ético do nosso tempo de endereçar a grave ameaça do aquecimento global”, escreveu.

Silva foi muito além ao seu comentário e afirmou que quando a sociedade civil tem uma ideia acatada pelo governo às chances de acerto são grandes. “Quando o governo aceita as contribuições da sociedade civil e se baseia em informações técnicas e científicas, suas chances de acerto e de correção de rumos aumentam”, comentou e concluiu “Tomara que esse gesto seja ampliado para outras agendas que vêm sofrendo retrocessos inaceitáveis no campo socioambiental, a fim de que possam ser reparadas”.