Acre segue vendendo o litro da gasolina acima de R$ 5 reais

Por Wanglézio Braga

O Acre continua com o preço da gasolina mais caro do país e nos últimos meses tem permanecido com o litro acima de R$ 5 reais conforme mostrou o levantamento do ValeCand, uma empresa especializada em soluções de frotas de veículos que consultou mais de 20 mil estabelecimentos espalhados pelo país.

No mês de junho, o Acre vendia o litro por R$ 5,115. Em julho R$ 5,068. No mês de agosto R$ 5,028. Já em setembro o litro foi comercializado a R$ 4,982 e em outubro R$ 5,011. O Rio de Janeiro também permanece como o segundo estado com o combustível mais caro – R$ 5,011 e R$ 4,94, respectivamente (em setembro, os valores eram, pela ordem, R$ 4,982 e R$ 4,894).

Com valor médio de R$ 4,01, o Amapá registrou o menor preço. Nos levantamentos anteriores, a primeira posição no ranking era ocupada por Santa Catarina, que em outubro figura na segunda colocação (preço médio de R$ 4,086), seguida por São Paulo (R$ 4,22) e Mato Grosso do Sul (R$ 4,301), outro Estado que galgou posições na lista dos Estados com gasolina mais barata.

A capital com gasolina mais barata é Florianópolis (R$ 3,899). Florianópolis, aliás, permanece com o único valor abaixo da casa dos R$ 4 em todo o levantamento, incluindo capitais, estados e regiões. Neste mês, a capital do Amapá, Boa Vista, ficou fora do levantamento.