O Rio Branco

Hoje é 14 de Novembro de 2018

Geral

Ministério da Saúde vem ao Acre conhecer trabalho dos Jovens Multiplicadores do programa ?Se Liga Aí?

05 de Setembro de 2018 às 08:48:33

Criado em 2015, com o objetivo de levar aos jovens acreanos a promoção da saúde sexual e reprodutiva e informações para o enfrentamento ao uso do álcool e outras drogas, o projeto “Se Liga Aí” já formou mais de 300 jovens multiplicadores e está presente em Brasileia, Cruzeiro do Sul, Manoel Urbano, Mâncio Lima, Rio Branco, Rodrigues Alves, Sena Madureira, Santa Rosa do Purus, Tarauacá e Xapuri.

Apontado como um dos responsáveis pela diminuição dos índices de gravidez na adolescência no Acre, o projeto a cada dia que passa ganha reconhecimento em todo o país. Depois de ser escolhido por duas vezes como uma das melhores práticas de saúde para os jovens de todo o país, o “Se Liga Aí” de novo desperta a atenção do Ministério da Saúde (MS).

Durante três dias, a coordenação e alguns dos multiplicadores receberam em Sena Madureira uma equipe do MS para a gravação para contar as narrativas dos adolescentes acreanos que fazem parte do projeto.

O “Se Liga Aí”, ao lado de experiências em Mato Grosso, Pernambuco e Pará, foi escolhido para mostrar não só a importância dessas iniciativas, mas a representatividade da pluralidade da juventude brasileira.

“A gente está pensando em equidade com este material. Queremos trazer a fala daqueles que têm pouco espaço, que têm pouca visibilidade. Quando a gente iniciou esse projeto, já pensamos em ouvir essa diversidade e não apenas os jovens do eixo Rio-São Paulo como na maioria das vezes acontece”, explica Tatiany VolkerBoldrini, do Ministério da Saúde.

As entrevistas vão resultar em materiais multimídias com vídeo, áudio e fotos.  “A ideia é falar com a juventude em várias linguagens. Queremos oferecer um cardápio bem diverso a partir de questões que os próprios jovens nos apresentam”, destaca Boldrini.

Foram convidados jovens multiplicadores dos municípios de Sena Madureira, Mâncio Lima, Rodrigues Alves, Cruzeiro do Sul e Manoel Urbano que tiveram a oportunidade de contar suas vivências no “Se Liga Aí” e como por meio das ações realizadas, principalmente, nas escolas estão ajudando a mudar a vida de outros adolescentes.

Uma das jovens é Ana Carolina Serra, 18 anos, de Mâncio Lima. “Eu me sinto grata por fazer desse projeto. É muito orgulho ajudar outras pessoas. Eu me sinto uma heroína, pois eu tenho certeza que colocamos na vida de outros adolescentes o conhecimento que é uma coisa muito importante. Saber que a nossa ajuda salvou um jovem de entrar no mundo das drogas ou evitar uma gravidez indesejada não tem preço”, afirma.

De Rodrigues Alves, também no Vale do Juruá, foi convidada a jovem multiplicadora Estefane de Jesus Almeida, 18 anos. “Eu estou desde 2016 no ‘Se Liga Aí’ e é muito bom levar conhecimento aos outros jovens. No meu caso, o maior orgulho é levar informação para os jovens da zona rural, já que onde moro 70% da população mora na zona rural.”

Para a coordenadora do programa, Karoline Soster, a vinda da equipe do Ministério da Saúde é mais uma comprovação do quanto o projeto tem dado certo no Acre. “O mérito é todo desses jovens. Eles são comprometidos, e isso faz toda a diferença. Nós capacitamos, mas o segredo do sucesso é a vontade deles em ajudar outros adolescentes”, explica.

A previsão, segundo a equipe do Ministério da Saúde, é começar a publicar os conteúdos no fim de outubro.

 

ASSESSORIA




Compartilhar