Empresa de telefonia informa doações para o Acre e mais oito estados para tratar da Covid-19

Por Wanglézio Braga

Os estados do Acre, Amapá, Amazonas, Bahia, Espírito Santo, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul vão ser contemplados com uma iniciativa da empresa telefônica Vivo. Um comunicado sobre doação de R$ 16,3 milhões de reais foi enviado à redação do Portal O Rio Branco anunciando que o estado acreano será beneficiado diretamente com a medida que vai reforçar a segurança alimentar de crianças em situação de vulnerabilidade ou ainda em na área da saúde com compra de equipamentos e insumos hospitalares.

"Neste momento da pandemia, o foco está nas pessoas e sabemos que o nosso papel pode ir além de manter tudo e todos conectados. Queremos que nossas iniciativas no campo da saúde e da segurança alimentar se somem aos programas já existentes para o combate à Covid-19, pois todos os colaboradores da Vivo estão solidários com o Brasil nesse momento", diz Christian Gebara, presidente da Vivo.

Segundo o comunicado, “as doações para a área da saúde serão intermediadas pela Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz), uma das principais instituições de pesquisa e desenvolvimento em saúde pública. Serão beneficiados os estados do Rio de Janeiro, Bahia, Espírito Santo, Amapá, Acre e a cidade de Manaus, capital do Amazonas”.

“A doação faz parte de uma série de medidas da Vivo em prol da sociedade durante a pandemia do novo coronavírus, que já inclui a formação continuada de educadores e alunos, com cursos gratuitos durante o período de fechamento das escolas públicas no país. As plataformas online disponibilizam conteúdo para professores, pais e alunos complementarem a rotina de estudos em casa. A empresa vem, ainda, estimulando os colaboradores para prática de voluntariado digital por meio do Game do Bem”, finalizou. 

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.