Live Solidária arrecadou R$ 70 mil em dinheiro e mais de 107 toneladas de alimentos

A Live Solidária promovida pelo Governo do Estado do Acre no último sábado, 30, foi um verdadeiro sucesso de arrecadações. Mais uma vez, o povo acreano se mostrou disposto a ajudar  o próximo. Até o momento, os donativos chegam a R$ 70 mil, em depósitos bancários, e 107,7 mil quilos de alimentos.

Durante a transmissão do show beneficente do sambista Brunno Damasceno e outros artistas locais, uma central de arrecadações foi montada no Palácio Rio Branco. O governador Gladson Cameli e a primeira-dama do Estado, Ana Paula Cameli, fizeram questão de atender as ligações telefônicas do público. Além de contribuições financeiras e cestas básicas, carne bovina, equipamentos de proteção individual (EPIs), álcool em gel e kits de higiene pessoal estavam entre os principais itens doados.

Ao saber dos números, Gladson não escondeu sua alegria por tamanha generosidade com as famílias prejudicadas pela pandemia de Covid-19. Cameli agradeceu todos que contribuíram e enfatizou que a união das pessoas é essencial para vencer a guerra contra o coronavírus.

“Posso dizer que aquela foi uma das noites mais felizes da minha vida. Em cada ligação que atendi, senti de perto a solidariedade do nosso povo e posso dizer que ver a vontade das pessoas em querer ajudar os outros mexeu muito comigo. Gostaria de agradecer cada um que contribuiu segundo seu coração e eu tenho certeza que a nossa união será capaz de superar essa difícil situação que estamos vivendo”, declarou.

Doações ainda podem ser feitas durante esta semana

Quem ainda não contribuiu tem esta semana para fazer sua doação. Pontos de coleta de alimentos foram montados em três grandes redes de supermercados de Rio Branco. “Estamos com equipes recebendo os alimentos nas principais lojas do  Arasuper, Mercale e Pague Pouco. No interior do estado, os interessados podem procurar os núcleos da secretaria de Estado de Educação, Cultura e Esportes”, explicou a porta-voz do governo, Mirla Miranda.

Contribuições em dinheiro devem ser feitas, exclusivamente, na conta Acrecoronavírus, no Banco do Brasil. A agência é a 3550-5 e a conta corrente 100-7.

Todas as doações estão sendo devidamente registradas. O Estado ficará responsável pela coleta, distribuição e prestação de contas dos donativos. A intenção do governo é que todo o processo seja o mais transparente possível para o acompanhamento da sociedade.

“Essa grande ajuda chega em boa hora para várias famílias que estão passando por dificuldades. Gostaria de agradecer a todos que se sensibilizaram e colaboraram com essa causa tão nobre. Peço a Deus que venha abençoar grandemente cada um de vocês e que Ele possa trazer dias melhores para o nosso estado”, afirmou Ana Paula Cameli.

Na primeira etapa de entrega, famílias que vivem nos municípios de difícil acesso como Jordão, Marechal Thaumaturgo, Porto Walter e Santa Rosa do Purus terão prioridade. O cronograma de distribuição está sendo definido pela secretaria de Estado de Assistência Social, dos Direitos Humanos e de Políticas para as Mulheres (SEASDHM) e gabinete da primeira-dama do Estado.

 

Agência


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.