Covid-19: Governo freta aeronave e recebe mais 42 caixas de insumos para exames

Jato fretado pelo Governo do Acre aterrissou em Rio Branco na noite desta sexta-feira, 3, trazendo material para exames e equipamentos de proteção

Pelo menos 42 caixas de novos insumos, entre luvas profissionais, enzimas e kits de extração (tubos e paletas de coletas de amostras) para a checagem de novos casos de contaminação por coronavírus chegaram a Rio Branco, na noite desta sexta-feira, 3, em um jato Cessna Citation 3, de médio porte, fretado pelo Governo do Estado do Acre para esta finalidade.

Num esforço pessoal do governador Gladson Cameli, que contou com o apoio do secretário de Saúde, Alysson Bestene, e da secretária-adjunta, Paula Mariano, o voo veio de São Paulo e fez uma escala em Brasília, onde recebeu um segundo lote de material, antes de vir a Rio Branco, aterrissando por volta das 21h15. Conforme o médico Andreas Stocker, diretor do Centro de Infectologia Charles Mérieux, o material, por ser diverso, vai ser usado com a combinação de outros que já existem no laboratório. 

“Agora, temos novamente uma condição favorável [para continuar os exames], porque esse material é intercambiável com outros que já temos aqui e muita coisa vai servir de complementação um para o outro”, explica Stocker,  que garante que a produção de exames recomeça imediatamente neste sábado, 4.

Desse modo, alguns produtos servirão para muitos meses, enquanto outros serão usados de imediato para dar vazão à demanda reprimida de exames, que está sendo feita por mais de 20 voluntários, todos médicos e biomédicos estudantes de pós-graduação em alguma área da infectologia e de análises laboratoriais.

O Cento Mérieux é a instituição que vem elaborando manualmente o diagnóstico no Acre, desde os primeiros casos, cujos primeiros três positivos foram conhecidos no dia 17 de março.  Acompanhado da biomédica Thaís Bestene, Stocker fez questão de ajudar a tripulação da aeronave e técnicos da Saúde a repassar o material para o caminhão frigorífico da Secretaria de Estado de Saúde do Acre (Sesacre).

A Sesacre informa, periodicamente, quando os kits para exames da Covid-19 estão em atraso. O problema não é causado pelo Governo do Estado, nem pelo governo federal, mas sim pela irregularidade dos voos que chegam ao Acre. Atualmente, o estado tem dois voos de carreira apenas, e nos finais de semana.

Há mais de duas semanas, um lote de 5 mil itens para exames só foi desembarcado em Rio Branco porque o Ministério da Saúde obteve o apoio de uma aeronave de transporte da Força Aérea Brasileira para a remessa ao Acre.

Governo está empenhado no enfrentamento

O voo desta sexta-feira foi possibilitado graças ao empenho do governador Gladson Cameli, do secretário de Saúde, Alysson Bestene, e da secretária-adjunta de Saúde, Paula Mariano. “A nossa dedicação, os nossos esforços são de todos nós e 24 horas por dia, para que possamos passar por esse momento da melhor forma possível. E esta é uma demonstração de compromisso com a nossa população”, ressalta Alysson Bestene.

“Sucessivos cancelamentos fazem com que os insumos não cheguem em tempo hábil. E o que estamos fazendo, quando não temos voos especiais como o desta sexta-feira, é rastrear esses envios, nos informando da real situação com as empresas contratadas para o transporte”, explica Janaína Mazaro, gerente-técnica do Laboratório Central de Saúde Pública do Acre.

Os exames são fundamentais para que as pessoas tenham consciência do alastramento da doença e que, por isso mesmo, precisam ficar em isolamento domiciliar como forma mais eficiente neste momento de frear a pandemia. 

 

Agência


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.