Rodrigo Bocardi acumula dívidas de mais de 1 milhão de reais

O jornalista Rodrigo Bocardi, 43, passou boa parte deste ano enrolado com dívidas que somam mais de 1 milhão de reais. Na segunda (25), anunciou à Justiça que realizaria acordo com um banco para quitar uma delas, de 540 000 reais.

Em janeiro, ele pegou um empréstimo de 556 000 reais em 36 parcelas mensais, mas está inadimplente.

O apresentador ainda enfrenta seis processos movidos pela prefeitura que acumulam quase 500 000 reais por não recolher o imposto sobre serviços (ISS) de uma empresa sua.

Por meio dela, Bocardi prestava serviços de produção de vídeo, um trabalho extra em relação ao da bancada do Bom Dia São Paulo, da Rede Globo.

“Estamos verificando esses passivos. Bocardi é um homem público, mas nem por isso vai pagar toda conta que aparece sem avaliar primeiro”, pondera Carlos Guimarães, advogado que o representa.

 

Veja!


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.