Nivaldo Prieto se irrita em transmissão e áudio vaza: “Não grita comigo, eu quebro sua cara”

Jornalista comandou a transmissão do duelo entre Grêmio x Palmeiras no Fox Sports na última terça (20)

O narrador Nivaldo Prieto foi flagrado irritado com um companheiro de emissora na transmissão do confronto de ida entre Grêmio x Palmeiras, válido pelas quartas de final da Libertadores. O fato ocorreu no pós-jogo da partida.

O microfone de Nivaldo Prieto estava aberto no momento em que Gustavo Scarpa concedia entrevista ao repórter Vagner Martins, e foi possível perceber a irritação total do jornalista com o companheiro, possivelmente o coordenador responsável pela transmissão, que teria gritado com ele.

“Não grita comigo! Eu quebro a sua cara”, detonou o narrador. A transmissão do Fox Sports continuou normalmente, sem maiores problemas. Mas nas redes sociais, o telespectador percebeu o fato e comentou no Twitter. O vídeo do momento também rapidamente viralizou.

“Só eu percebi o áudio vazado do Prieto?”, disse um tuiteiro. “Gustavo scarpa ao vivo no Fox Sports e o áudio do Nivaldo prieto do nada “grita comigo não, quebro sua cara”, afirmou outro.

 

Torcedores.com

 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.