Exame antidoping de Anderson Silva, realizado em 19 de janeiro, dá negativo

Anderson Silva passou no exame antidoping realizado em 19 de janeiro, poucos dias antes de enfrentar Nick Diaz no UFC 183, evento sediado em Las Vegas, no dia 31. A informação, divulgada pelo site "MMA Fighting" nesta segunda-feira, revela que Spider não testou positivo em exame antidoping completo, que buscava substâncias proibidas no esporteEx-campeão do peso-médio do UFC, Anderson foi flagrado no antidoping realizado no dia 9 de janeiro com duas substâncias proibidas em seu organismo: drostanolona e androsterona. O resultado do exame pós-luta ainda não foi divulgado.

O brasileiro, que venceu Nick Diaz por pontos depois de mais de um ano em reabilitação de grave fratura na perna, pela primeira vez, tem seu nome envolvido em doping. O resultado da luta deve ser alterado para "No Contest" (Sem Resultado), e ele será julgado nos próximos meses, assim como seu oponente, flagrado com metabólitos de maconha no corpo.

 

Globo


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.