O Rio Branco

Hoje é 28 de Março de 2016

Esportes

Amanda Nunes explica mágoa com UFC: "Não tive o retorno que merecia"

20 de Março de 2017 às 09:31:18

Desde que derrotou Ronda Rousey no UFC 207, em 30 de dezembro de 2016, parece queAmanda Nunes está em todo lugar: foi lutadora convidada do Ultimate em Denver e em Fortaleza, fez turnê de imprensa pelo Brasil e apareceu até no programa da Ana Maria Braga. Antes da luta contra Ronda, porém, a situação era diferente: a campeã dos pesos-galos praticamente não foi destacada na promoção do evento, centrada totalmente em sua adversária, ex-detentora do cinturão e famosa no mundo inteiro por seus feitos dentro e fora do octógono.

Por esse motivo, Amanda teve "vontade de rir" a cada soco que acertou em Rousey, como revelou em sessão de perguntas e respostas com os fãs antes da pesagem cerimonial do UFC Fortaleza, no início do mês. A campeã detalhou sua mágoa com a organização por não ter sido promovida como gostaria em entrevista nos bastidores do evento cearense.

- Acho que o show foi feito para a Ronda, então fiquei um pouco triste porque, talvez, se dividisse toda aquela divulgação, a promoção, ficaria melhor. Acho que iria promover mais ainda, porque o público quer saber também o lado da campeã, né? Quem era a campeã, a melhor do mundo naquela noite? Eu! E eles fizeram tudo para ela, fiquei triste, a intenção do UFC é o cinturão para diferenciar quem é o melhor. E eu não tive o retorno que eu merecia - desabafou a "Leoa".

Amanda lembrou ainda que, a pedido de Ronda, as duas lutadoras foram retiradas da programação oficial da semana pré-luta, e afirmou que não estava de acordo com a decisão.

- Não fiz o Media Day, não fiz o treino aberto, nada disso. Era para eu ter feito. Se a Ronda não queria aparecer, problema dela. Era para eu fazer tudo o que estava na minha programação, mas eu não fiz nada. Eu não tive a opção de escolher. E eu fiquei sabendo pela imprensa. Mas agora já passou, é uma ferida curada. Sei que o UFC é um grande show e sei que, agora, daqui para frente, vai ser Amanda Nunes.

De fato, tudo mudou, e a "Leoa" agora não só está sendo amplamente promovida, como também viu sua conta bancária "engordar". Ela lucrou com a venda de pay per views do UFC 207 (especialistas da indústria indicam que um milhão de pacotes foram vendidos nos EUA) e espera uma renovação de contrato lucrativa com a organização em breve.

- Aquela luta foi boa em todos os sentidos para mim. Tive a oportunidade do pay per view, eu e a Ronda ganhamos, foi só felicidade. Claro que todo atleta precisa de dinheiro. Tem todo um custo. Um camp gasta muito com nutricionista, alimentação, tudo é muito caro. Então, se a gente não tem uma situação financeira boa, é complicado. Eu ainda vou renovar meu contrato e acho que vou ficar bem - contou.

 

Combate




Compartilhar