''Faz a gente se espantar com o empate'', diz Barreto sobre números de Flu x Cruzeiro

Fluminense e Cruzeiro empataram por 1 a 1 na primeira partida das oitavas de final da Copa do Brasileiro. Mas os números do confronto da última quarta-feira, no Maracanã, mostraram uma enorme superioridade do Tricolor. Foram 20 finalizações contra apenas uma da Raposa. Dados que chamaram a atenção do apresentador Marcelo Barreto.

- Meu deus! Foram 20 finalizações contra uma. Do Cruzeiro ao menos podemos destacar a eficiência (risos). Mas são números que dizem algo a respeito do ataque do Fluminense: criou 20 chances e só três levaram algum perigo. A posse de bola foi bem marcante também: 71% a 29%. Foram ainda 436 passes contra 274...

''Foi um jogo que mostra um domínio tal que faz a gente se espantar com o empate''.

Para Sidney Garambone, o drama atual do Fluminense tem sido justamente a pouca eficiência do ataque. Mas o jornalista defendeu o trabalho do técnico Fernando Diniz e pediu paciência à torcida.

- Tem sido o drama do Fluminense e por isso acho necessário um pouco de paciência. O esquema do Diniz não é fácil de assimilar. Mas vemos um time compacto, que empurra o adversário sempre para trás. E eles sabem disso. Não que tenham medo, mas de certa forma se preparam para enfrentar o Fluminense. O time toca bem, domina o meio campo e está falhando na hora H. É preciso entender o motivo.

''É o famoso expectativa x realidade. O que a gente esperava do Fluminense no meio do ano?''

Fluminense e Cruzeiro voltam a se enfrentar no dia 5 de junho, no Maracanã, pelo jogo de volta da Copa do Brasil. Novo empate leva a decisão para os pênaltis. Antes disso, os rivais se reencontram já no próximo sábado, novamente no Maracanã, mas dessa vez pelo Campeonato Brasileiro.

 

 

Sportv


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.