Arão faz, Fla vence o Corinthians e leva vantagem na Copa do Brasil

Em um jogo bastante truncado, principalmente no primeiro tempo, foi o Flamengo quem se deu melhor. Na noite desta quarta-feira, na Arena Corinthians, o Rubro-Negro derrotou o Corinthians por 1 a 0, na ida das oitavas de final da Copa do Brasil, e leva a vantagem para a partida de volta. O gol dos cariocas foi marcado por Willian Arão, na etapa final, de cabeça em uma jogada que mostrou muito oportunismo.

Com o resultado, o Flamengo leva para a volta a vantagem de se classificar com qualquer empate - caso perca por um gol de diferença para o Corinthians, a vaga às quartas será definida nos pênaltis. A volta acontece no dia 4 de junho, no Maracanã. Antes, neste fim de semana, ambos voltam a campo pelo Campeonato Brasileiro. Enquanto no domingo o Timão visita o Athletico, às 16h, o Rubro-Negro, na véspera, enfrenta o Atlético-MG, às 19h, fora.

INÍCIO NOS 220
Os primeiros lances de Corinthians e Flamengo pela Copa do Brasil foram de acordo com as expectativas, nos 220. O Timão era efusivo, enquanto o Rubro-Negro buscava o erro adversário. Aos dois minutos da etapa inicial a temperatura já se mostrou elevada, por exemplo, com Danilo Alevar chegando cobrando Gabigol após rápido atrito com Clayson. Sornoza ainda tentaria para os paulistas, com Léo Duarte tentando para os cariocas.

QUEDA DE RITMO
Ao mesmo tempo que os minutos passavam, o ritmo do jogo também diminuía. O xadrez montado pelos técnicos Fábio Carille e Abel Braga, em determinado modo, surtiam os efeitos esperados em seus planejamentos para que a paciência predominasse em uma decisão mata-mata, já que ainda contaremos com a partida de volta no próximo mês. Antes do intervalo, Everton Ribeiro e Mateus Vital ainda buscaram o diferente, mas sem êxito.

NA CRESCENTE
No início do segundo tempo, o jogo continuou truncado, mas aos poucos, em uma crescente, foi melhorando na qualidade. Aos 19 minutos, Vagner Love recebeu e conseguiu achar Danilo Avelar, que mandou para o gol, mas o goleiro Diego Alves, esperto, espalmou para fora. Dois minutos mais tarde foi o Flamengo que tentou, com Bruno Henrique antecipando e perdendo uma grande oportunidade. Na sequência, foi Vagner Love quem desperdiçou.

ARÃO GARANTE VANTAGEM
A crescente foi aumentando da mesma forma que as chances de gol. Corinthians e Flamengo tentavam, de qualquer forma, garantir a vantagem para o jogo de volta. O Timão arriscou com Jadson aos 24, o Flamengo tentou com Bruno Henrique em belo passe de Diego aos 26, mas foi Willian Arão, aos 33, que fez o gol do jogo e garantiu a vitória e vantagem do Rubro-Negro - Bruno Henrique cruzou na medida para a cabeça dele. Grande vitória em estudo do Fla para o jogo de volta - que promete e muito em emoção.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 0 X 1 FLAMENGO

Estádio: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Data/horário: 15/5/2019, às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (RS) - Nota LANCE!: 6,0 (não influenciou no resultado, acompanhando todos os lances bem de perto)
Assistentes: Guilherme Dias Camilo (MG) e Rafael da Silva Alves (RS)
Árbitro de vídeo: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Renda/público: R$ 2.010.205,00/30.364 pagantes
Cartões amarelos: Henrique, Clayson (COR) e Everton Ribeiro (FLA)
Cartão vermelho: -
 

GOL: Willian Arão 33'/2ºT (0-1)

CORINTHIANS: Cássio, Fagner, Manoel, Henrique e Danilo Avelar; Ralf, Sornoza (Júnior Urso 35'/2ºT) e Mateus Vital (Pedrinho 11'/2ºT); Vagner Love, Mauro Boselli (Jadson 16'/2ºT) e Clayson. Técnico: Fábio Carille.

FLAMENGO: Diego Alves, Pará, Léo Duarte, Rodrigo Caio e Renê; Cuéllar, Willian Arão e Arrascaeta (Diego 25'/2ºT); Everton Ribeiro (Lincoln 45'/2ºT), Bruno Henrique e Gabigol (Vitinho 37'/2ºT). Técnico: Abel Braga.

 

Lance


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.