Chapecoense e Avaí já podem ser rebaixados na próxima roda

Os clubes catarinenses não tem nada o que comemorar no Campeonato Brasileiro de 2019. Chapecoense e Avaí já podem ser rebaixados na 34ª rodada da competição. O Verdão do Oeste soma 22 pontos, na 19ª posição, enquanto o Leão amarga a lanterna, com apenas 17 pontuados. Eles não somam nem 10 vitórias juntos, sendo quatro para o Índio Condá e três para os rivais.

Começando pela Chapecoense, o rebaixamento só pode acontecer no domingo em caso de derrota para o Ceará. Depois disso, dependeria do resultado de Botafogo, Cruzeiro e Fluminense. Se os times cariocas e mineiro somarem na rodada, a Chape está matematicamente na Série B pela primeira vez em sua história no Campeonato Brasileiro.

Desde 2014, quando chegou à Primeira Divisão, a Chapecoense nunca se viu em uma situação tão complicada. De lá para cá, teve participação da Copa Libertadores e Sul-Americana.

A esperança da permanência é apenas um empate. Com o resultado, chegaria a 23 pontos, com possibilidade de alcançar 38. O Ceará, adversário de domingo, chegaria a 37 pontos e ficaria ao alcance do Verdão.

A situação do Avaí é ainda mais complicada. A equipe comandada por Evando pode entrar em campo já com a queda. Caso o Fluminense vença o Atlético-MG, no Maracanã, o Leão estará rebaixado. Se confirmar o cenário, o Tricolor atingirá 37 pontos, empurrando o Cruzeiro (com 35) à zona e fazendo o Ceará (com 36) ser o primeiro fora do Z4.

Para tentar reverter panorama, terá que vencer os seis jogos que restam, começando pelo Cruzeiro, às 20h, na segunda-feira, no Mineirão. Em sequência terá: Chapecoense (casa), Corinthians (fora), Fluminense (casa), Flamengo (fora) e Athletico (casa). Os duelos diretos aumentam ainda mais o drama.

 

 

Lance