O Rio Branco

Hoje é 12 de Dezembro de 2017

Esportes

Holloway comenta provocações a José Aldo: "Percebi que não queria lutar"

13 de Junho de 2017 às 11:17:10

Novo campeão peso-pena do UFC, Max Holloway ainda está saboreando a conquista alcançada no UFC 212, depois de nocautear José Aldo no Rio de Janeiro. Pouco mais de uma semana após o confronto, o americano comentou sobre a luta que lhe rendeu o cinturão da divisão até 66kg e as provocações ao brasileiro no final do segundo round, quando estava perdendo o duelo por pontos.

- Toda vez que eu socava, ele reagia de alguma maneira. No início dos rounds, sempre que eu fintava, ele tinha uma reação. Via esses movimentos e percebia que ele estava lutando rápido, reagindo à algumas coisas que eu fazia. Mas, em determinado momento, vi que algo estava diferente, que ele não estava respondendo aos ataques. Pensei que era a hora de começar a provocar e ver se ele ia cair. Tentei, levantei minhas mãos por alguns segundos, e ele não fez nada. Fiz de novo e nada. Percebi que ele não queria mais lutar - afirmou Max Holloway ao podcast americano "The MMA Hour".

 

Max Holloway Instagram (Foto: Reprodução / Instagram)

Após vitória, Max Holloway cumprimenta José Aldo (Foto: Reprodução / Instagram)

O americano, profundo estudioso do jogo de José Aldo, ainda revelou que esperava que os primeiros rounds do confronto seriam mais complicados, mas que confiava na queda de rendimento do brasileiro na metade da luta. Por isso, ainda que estivesse com um corte no rosto, Max Holloway afirmou que pediu ao árbitro, Big John McCarthy, que não se preocupasse com a lesão. 

- Enquanto eles jogam dama, eu jogo xadrez. E quando percebem, já é tarde demais. Olhei pro meu técnico e falei para não se preocupar, que eu estava apenas começando. Já sabia que nosso plano de jogo funcionaria. Aldo é um dos maiores de todos os tempos, mas é hora de uma nova Era. Nós, lutadores jovens, estamos chegando e provando ao mundo que viemos ficar. O MMA está sempre evoluindo e, ou você evolui com o esporte ou fica para trás - concluiu.

No mesmo dia da declaração de Max Holloway, o treinador de José Aldo na equipe Nova União, Dedé Pederneiras, revelou que o manauara não lutou com 100% de suas condições físicas, já que teve de lidar por todo tempo com uma lesão na perna, o que limitou os chutes baixos do ex-campeão peso-pena no confronto.  

 

 

Combate




Compartilhar