O Rio Branco

Hoje é 19 de Abril de 2019

Esportes

Atlético vence o Rio Branco e pega o Galvez nas semifinais

11 de Abril de 2019 às 14:15:21

Com um gol do jovem Cadora, o Atlético Acreano venceu o Rio Branco por 1 a 0, em clássico disputado na noite desta quarta-feira (10), na Arena da Floresta.

Com a vitória, o Galo Carijó terminou a fase classificatória do returno na primeira posição do Grupo A e com aproveitamento de 100%, assim enfrentando nas semifinais do sábado (13), no estádio Florestão, às 17h, o Imperador Galvez. Já o Rio Branco manteve a segunda posição da chave. O clube alvirrubro somou no returno sete pontos e encara na disputa das semifinais, também no sábado, no Florestão, o Vasco da Gama, às 19h.

Jogo

Com as duas equipes poupando boa parte dos titulares, o jogo começou muito igual, mas com o Atlético Acreano com mais posse de bola e buscando o jogo.

No entanto, aos 26 minutos, numa bola parada do volante Kinho, o Rio Branco quase abriu o placar, mas o goleiro Babau fez grande defesa.

Mesmo com mais posse de bola, o Galo Carijó tinha dificuldade de entrar na defesa do Estrelão, assim com o placar indo para o intervalo sem abertura de contagem.

Gol solitário

Na etapa complementar de partida o Galo começou querendo jogo e buscando o gol estrelado. O atacante Falque quase abriu o placar numa finalização de fora da área, mas o goleiro Ramon fez grande defesa, aos 7 minutos.

Bem postado na defesa, o Rio Branco apresentava dificuldades no setor de criação e pouco ameaçava o gol do goleiro Babau, tanto que o técnico alvirrubro Jader de Andrade tentou mudar a realidade e enviou para o campo de jogo os atletas Chay e Alcione, mas quase nada mudou.

Com quase meia hora de bola rolando na etapa complementar de jogo, o técnico celeste Álvaro Miguéis resolveu trocar João Douglas pelo jovem iluminado atacante Cadora. O atleta, aos 38 minutos, após passe na pequena área do atacante celeste Falque teve o trabalho de apenas escorar a bola para a rede do goleiro Ramon

Burocrático e pouco criativo, o Rio Branco quase nada fez para merecer o empate e o clássico terminou mesmo com vitória celeste por 1 a 0.

 

 

MANOEL FAÇANHA

 

 




Compartilhar