Brasil não suporta ritmo, perde para os EUA e está fora do Mundial de basquete

O Brasil tentou, deu trabalho, mas não conseguiu vencer os EUA e acabou eliminado do Mundial de basquete da China. Com 16 pontos de Kemba Walker, os norte-americanos venceram por 89 a 73 e avançam para as quartas de final.

Depois de ver a Grécia - também classificada - bater a República Tcheca, o time brasileiro precisava "apenas" de uma vitória para avançar às quartas de final, mas, com a derrota, se despede da competição com os mesmos 8 pontos dos gregos e dos checos no Grupo K.

A seleção perdeu o treinador Aleksandar Petrovic ainda no começo do 2º quarto. Depois de uma falta não marcada sobre Varejão, o croata reclamou, invadiu a quadra, recebeu sua segunda falta técnica e foi automaticamente expulso.

Mesmo assim, com o auxiliar Cesar Guidetti no comando, o Brasil seguiu brigando com os EUA. O armador Vítor Benite saiu bem do banco de reservas antes do intervalo, e a seleção chegou a empatar o placar em 33 a 33.

Mas perdendo por apenas quatro pontos no começo do 2º tempo, o Brasil não conseguiu segurar o ritmo norte-americano. No 3º quarto, que foi o ponto alto brasileiro nas três primeiras partidas do Mundial, os EUA abriram vantagem e encaminharam a vitória.

Nos 10 minutos finais, a distância cresceu ainda mais e terminou em 89 a 73.

Benite foi o cestinha da seleção na derrota com 21 pontos, e Varejão também teve boa atuação, com 14 pontos e 8 rebotes. Pelos EUA, além de Kemba, o pivô Myles Turner também marcou 16 pontos.

A derrota do Brasil também garantiu EUA e Argentina na Olimpíada de 2020. A seleção ainda pode conseguir vaga para os Jogos de Tóquio, mas terá de vencer um dos quatro torneios pré-olímpicos que serão disputados no ano que vem - com seis equipes em cada. 

 

 

ESPN


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.