O Rio Branco

Hoje é 18 de Outubro de 2018

Esportes

'Caso Cristiano Ronaldo': revista diz que polícia de Las Vegas perdeu provas de estupro

08 de Outubro de 2018 às 15:58:42

O advogado de Kathryn Mayorga, Leslie Stovall, revelou à revista Der Spiegel que a polícia de Las Vegas ‘perdeu’ as provas que a sua cliente entregou em 2009. Na época, a mulher prestou queixa contra Cristiano Ronaldo. Além de não terem guardado as declarações que esta fez na altura, também o vestido e a roupa interior que usava desapareceram.

O advogado, no entanto, está disposto a provar a culpa do jogador neste caso e quer chamar ao tribunal várias ex-namoradas do craque e mulheres que conviveram com ele no verão de 2009. Assim, Irina Shayk, a britânica Gemma Atkinson, Paris Hilton e Kim Kardashian estão na mira do advogado e podem vir a testemunhar.

"As ex-namoradas conhecem bem a sua conduta e isso poderá ser fundamental para perceber o comportamento de Ronaldo, o que será vital para o nosso processo. Quero falar com qualquer mulher que o conheça intimamente", disse ao jornal Sunday Mirror.

O advogado também já fez um apelo público para conseguir falar com a mulher que, em 2005, na Inglaterra, acusou o jogador de estupro, mas cujo caso foi arquivado, por falta de provas.

"Estamos ativamente à procura dela, porque pode ter informações importantes para o nosso caso", disse. Além disso, o advogado informou que outras mulheres já entraram em contato com ele: "Recebi um telefonema de uma mulher que diz ter tido uma experiência similar", contou ao Daily Mirror. Na mesma conferência, Stovall afirmou que esta semana vai revelar novos documentos importantes para o processo.

 

 

ESPN




Compartilhar