O Rio Branco

Hoje é 19 de Fevereiro de 2018

Esportes

Hoje tem encontro de Galos na Arena da Floresta pela Copa BR

07 de Fevereiro de 2018 às 10:19:26

Após 25 anos e cincos meses o confronto entre Atlético Acreano e Atlético Mineiro volta a se repetir numa disputa de Copa do Brasil. O duelo está agendado para a noite desta quarta-feira (7), às 18h45, no estádio Arena da Floresta.

Neste um quarto de século muitas coisas aconteceram na vida dos dois clubes. O Galo acreano viveu entre o céu e o inferno, sendo, inclusive, saco de pancadas durante vários estaduais, caindo, inclusive, pelo placar de 10 a 0 a favor do Rio Branco, no dia 24 de junho de 2003. No entanto, na última década a equipe voltou a mostrar a sua tradição e força nos gramados amazônicos, conquistando o bicampeonato acreano nas temporadas de 2016/2017 e ainda o acesso à Série C do Campeonato Brasileiro. Já o Galo mineiro também viveu seu inferno astral e chegou a cair para a Série B na temporada 2005, mas recuperou o prestígio durante os anos seguintes, inclusive, conquistando a América, ao vencer a Taça Libertadores de 2013.

A história do confronto

Na véspera do confronto contra o Galo Carijó, em julho de 1992, o goleiro João Leite puxa a fila durante treino físico no José de Melo. Foto/Acervo Manoel Façanha

A história do primeiro confronto entre o Galo acreano e o xará mineiro ocorreu no dia 14 de julho de 1992, em Rio Branco-AC, estádio José de Melo, com vitória apertada dos mineiros por 1 a 0, gol do zagueiro André Figueiredo. No jogo da volta, dia 28, os mineiros venceram novamente, mas agora por 2 a 0, em jogo realizado no estádio Mineirão, em Belo Horizonte-MG. Os gols da vitória do time mineiro foram marcados por Sérgio Araújo e Chicão (contra).

No mês de agosto do ano passado, no Rio Grande do Sul, a equipe do Atlético Acreano fez um “jogo-treino” com o Galo mineiro. Na véspera da movimentação, a equipe acreana havia vencido o São José-RS por 1 a 0, jogo das quartas-de-final da Série D. Já o clube mineiro teria jogo em Porto Alegre-RS contra o Grêmio-RS pela Série A. O resultado da movimentação teria apontado vitória dos acreanos pelo placar mínimo, mas como houve inúmeras paralisações e o jogo ainda havia sido disputada em campo reduzindo com o time mineiro ajustando seu setor de defesa, acabou não se tratando de um jogo-treino, segundo informou a época a assessoria de imprensa do técnico Rogério Micale.

Mineiros têm retrospecto positivo

O Atlético-MG vai a campo com um dado positivo para encara na noite de hoje o xará acreano, isso se levarmos em conta o retrospecto dos confrontos entre acreanos e mineiros. Ao todo, foram sete jogos envolvendo os clubes dos dois estados. E o saldo é extremamente favorável aos rivais: um empate e seis vitórias dos mineiros entre 1992 e 2017. São 23 gols sofridos e apenas um marcado a favor das equipes acreanas.

A maior goleada do confronto entre os clubes dos dois estados ocorreu em 2010, quando o Galo mineiro derrotou o Juventus por 7 a 0, em jogo realizado no estádio Arena da Floresta.

Escalações

Os treinadores Álvaro Miguéis (Atlético-AC) e Oswaldo Oliveira (Atlético-MG) não vão realizar mudanças nas escalações de suas respectivas equipes em relação à última vez que ambas foram a campo, exceto Fábio Santos que retoma a titularidade da equipe mineira no lugar de Danilo.

Ficha técnica

Copa do Brasil
Data: 7/2/2018
Hora: 18h45
Estádio: Arena da Floresta
Árbitro: João Batista de Arruda (RJ)
Assistentes: Dibert Pedrosa Moises e Luiz Antonio Muniz de Oliveira (RJ)

Atlético-AC: Rafael Barrios, Matheus, Diego, João Marcos e Jeferson; Leandro Jucá, Kássio e Ancelmo; Araújo Jordão, Polaco e Rafael Barros. Técnico: Álvaro Miguéis

Atlético-MG: Victor; Samuel Xavier, Leonardo Silva, Gabriel e Danilo; Arouca, Elias e Cazares e Róger Guedes, Ricardo Oliveira e Otero. Técnico: Oswaldo de Oliveira.

 

MANOEL FAÇANHA




Compartilhar