O Rio Branco

Hoje é 22 de Outubro de 2017

Esportes

Jornais destacam situação desesperadora da Argentina nas Eliminatórias

06 de Outubro de 2017 às 11:00:17

A Argentina está muito perto de ficar de fora da Copa do Mundo de 2018. O empate por 0 a 0 com o Peru deixou a seleção comandada por Jorge Sampaoli em sexto lugar nas Eliminatórias Sul-Americanas e neste momento não estaria classificada para o mundial do ano que vem. A crítica situação dos Hermanos foi destacada por boa parte dos jornais argentinos, que destacaram que o time não vem jogando bem há muito tempo e que as chances são reais de o país não ver a equipe jogando na Rússia em busca do tricampeonato.

O jornal Olé, um dos mais populares da Argentina, colocou como manchete a frase: “Como iremos para o Mundial?”, ressaltando que a seleção local precisa de uma combinação de resultados para evitar o vexame de não se classificar para a Copa do Mundo em 2018. Além disso, o veículo apresentou quais seriam as possibilidades de resultados que o time precisa ter e torcer que não aconteça com os seus concorrentes diretos pela vaga: Chile (visita o Brasil), Peru (recebe a Colômbia), Colômbia (visita o Peru e o Paraguai (recebe a Venezuela).

Já o jornal Clarin também ressaltou os números do país nesta Eliminatória Sul-Americana efez uma dura crítica a falta de um atacante que possa fazer dupla ofensiva com Messi. Para o veículo, o craque do Barcelona se destaca dos demais e que a equipe fica mais previsível e menos eficiente sem a presença de um “camisa 9” com capacidade de ser decisivo para a Argentina.

No La Nacion reforçou que a seleção tenta de todas as formas achar uma forma competitiva de jogar, seja mudando o esquema tático ou alterando a escalação da equipe, no entanto lamenta que nada dá certo. O único que saiu sem críticas pela matéria é Messi, que segundo o veículo, era o mais lúcido no segundo tempo e que não tem culpa que seus companheiros não colaborem com as boas jogadas do craque do Barcelona.

A situação da Argentina, que já era grave, piorou ainda mais com o empate desta quinta-feira contra o Peru. Os donos da casa não conseguiram vencer o adversário e agora precisa torcer por uma combinação de resultados para se classificar de forma direta para a Copa do Mundo do ano que vem.

Caso Messi e Cia. consigam os três pontos na próxima rodada contra o Equador, se garantirão ao menos em quinto lugar e consequentemente na repescagem contra a Nova Zelândia. Para conseguir a vaga direta, os hermanos precisam vencer o Equador, e torcer para que o Chile não vença o Brasil e que o confronto entre Peru e Colômbia termine empatado.

 

MSN




Compartilhar