O Rio Branco

Hoje é 20 de Setembro de 2018

Esportes

'Feiticeiro do hexa' chega a Kazan para jogo de Brasil e Bélgica

06 de Julho de 2018 às 09:29:08

O novo mascote da seleção, o russo Yury Torsky, já está a caminho do jogo da seleção, em Kazan. No início da manhã desta sexta-feira em Samara, ele postou uma foto com a bandeira do Brasil (bem no estilo da imagem que viralizou na vitória sobre o México) com direito à hashtag #rumoaohexa.

Claro que foi ajudado pelo jornalista Tomer Savoia, o viking brasileiro celebridade na Rússia durante a Copa, que o convidou para assistir à partida entre Brasil e Bélgica.

"É cedo de manhã em Samara... Hora de viajar para Kazan! Tomer Savoia me convida para ir a outra partida do Brasil", celebrou o "mascote".

mascote".

 

O russo Yury Torsky com a credencial para jogo do Brasil

O russo Yury Torsky com a credencial para jogo do Brasil Foto: Reprodução / Instagram

 

Por volta de 7h40, Yury publicou uma foto já em Kazan, com a blusa "número um" nas cores verde e amarelo.

"Já estou em Kazan!!! Vai Brasil!!!", incentivou o ilustre torcedor.

 

'Feiticeiro' em Kazan'

Feiticeiro' em Kazan Foto: Reprodução/Instagram

 

E um esperado encontro com o mascote oficial da seleção brasileira, o Canarinho Pistola, aconteceu horas antes do jogo, em Kazan. Na live pelo Twitter da CBF, o torcedor famoso saiu pela tangente quando foi perguntado para quem vai torcer em um possível Brasil x Rússia na final da Copa:

"Pelo futebol", respondeu o Yury, em inglês.

 

Yury Torsky vai ver Brasil e Bélgica

Yury Torsky vai ver Brasil e Bélgica Foto: Reprodução/Instagram

O engenheiro aeroespacial cujo olhar sombrio conquistou os internautas entendeu que a fama pede uma maior aproximação com o público. Desde ontem, ele reativou seu Instagram, que tinha menos de uma dezena de fotos. A rede social é bem mais utilizada no Brasil do que o VK, uma espécie de Facebook russo. No VK, os brasileiros já tinham invadido sua página e deixado centenas de mensagens.

Agora no Instagram, seu perfil, em menos de um dia, já tem mais de 33 mil seguidores. A publicação mais recente quase três mil comentários. Não chega a ser um Neymar com quase 100 milhões, mas para quem até a última segunda-feira era um dos tantos jovens engenheiros de Samara que trabalham com foguetes, o crescimento foi astronômico.

Cervejaria se junta a viking verde amarelo

A convite da cerveja Brahma, o torcedor se juntou a Tomer Savoia, outro “meme” que ficou famoso como o viking verde amarelo para empurrar a equipe.

Se durante toda a primeira fase da Copa do Mundo Tomer e seus amigos deram o tom dos cânticos na arquibancada, Torski roubou a cena antes da partida contra o México pelas oitavas de final. Filmado pela transmissão oficial com a bandeira e a camisa do Brasil no estádio em Samara, ele se tornou um sucesso nas redes sociais. E como empresa tem liderado as redes no apoio à Seleção, nada melhor do que juntar esses três pilares para incentivar a equipe.

Então, a marca teve a ideia no Brasil, entrou em contato com Tomer na Rússia, e já passou a buscar Torski. Tudo bem alinhado, como o esquema tático brasileiro. Com todos empenhados em ajudar a Seleção das arquibancadas. Nem mesmo o idioma atrapalhou. E logo o convite foi feito.

“Desde quando começamos o trabalho com nossa Fábrica de Conteúdos visando a Copa do Mundo, sempre estivemos em busca de situações fora do comum no Brasil e na Rússia, tudo para aflorar o sentimento da Torcida Nº1 no brasileiro. Quando Yuri apareceu nos estádios, logo, a imagem começou a viralizar. Nossa equipe de monitoramento das redes sociais percebeu a situação e passamos a trabalhar em ideias para unir a torcida brasileira com o russo. Então, nada melhor do que levá-lo a mais uma partida para ele realmente se sentir parte da Torcida Nº1”, disse Rodolfo Carvalho, gerente de marketing da empresa.

Com a Seleção em campo, o “amuleto” Yuri na arquibancada e Brahma comandando os torcedores no Brasil e na Rússia, é impossível dar algo errado.

 

 

Istoé




Compartilhar