O Rio Branco

Hoje é 22 de Outubro de 2017

Esportes

Prisão de Carlos Arthur Nuzman repercute na imprensa internacional

05 de Outubro de 2017 às 09:37:27

A prisão do presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB), Carlos Arthur Nuzman, na manhã desta quinta-feira repercutiu na imprensa internacional. Minutos depois de vir à tona a operação da Polícia Federal que cumpriu um mandado de prisão temporária para o dirigente, agências de notícias como a Reuters e a Efe emitiram alertas de urgência para noticiar a detenção do brasileiro. Aos poucos, a prisão foi ganhando destaque em veículos mundo afora, como o espanhol "As" e o portal "Channel NewsAsia". A prisão de Nuzman também foi noticiada na Inglaterra, no jornal "The Guardian" e no site da rede de televisão BBC.

Carlos Arthur Nuzman foi preso na manhã desta quinta, em sua casa, na Zona Sul do Rio de Janeiro. A ação da Polícia Federal é um desdobramento da operação "Unfair Play" ("Jogo sujo", em português), mais uma etapa da Lava Jato. O dirigente de 75 anos é suspeito de intermediar a compra de votos de integrantes do Comitê Olímpico Internacional (COI) para que o Rio fosse eleito a sede da Olimpíada de 2016.

O Ministério Público apontou que o mandado de prisão temporária (cinco dias) foi emitido por conta de uma tentativa de ocultação de bens no mês passado, após a polícia cumprir um mandado de busca na casa de Nuzman. Também foi preso oi braço-direito do presidente do COB, Leonardo Gryner, ex-diretor de operações do Comitê Rio 2016.

 

 

Globoesporte

 




Compartilhar