O Rio Branco

Hoje é 19 de Outubro de 2018

Famosos

Anitta tem sete dias para pagar R$ 3 milhões a ex-empresária

13 de Março de 2018 às 17:38:04

Anitta perdeu parte da batalha que trava na Justiça contra a ex-empresária, Kamilla Fialho. Em decisão divulgada nesta terça-feira (13) pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, a cantora vai ter que pagar cerca de R$ 3 milhões para Kamilla, sob pena de ter os bens bloqueados. Anitta entrou duas vezes com recurso, porém ambos foram negados.

O advogado da empresária, Leonardo Gomes, explicou ao R7 que esse valor se refere ao não pagamento de multa pela quebra de contrato e é apenas uma parte do que a cliente pede na Justiça.

— Pleiteamos a multa, cerca de 14 milhões, que está sendo apurada em juízo, mais as perdas de danos de tudo que a K2L [empresa de Kamilla] deixou de faturar pelo rompimento do contrato, enquanto a Anitta ainda teria que cumprir — ainda faltavam cinco anos de contrato quando ele foi rompido. Nada mais justo do que se cumprir o que rezava o contrato e repartir o montante devido a empresa. 

Leonardo esclareceu ainda que Anitta pode recorrer da decisão novamente, mas tem cerca de sete dias para efetuar o pagamento.

— Recurso sempre cabe, mas se ele vai ser atendido, já são outros 500. Independente de ela entrar com recurso ou não, o juiz entende que esse valor já está superado. Assim que ela for intimada da decisão de hoje, ela tem que pagar. Isso depende do processo, mas demora até uma semana.

Procurada para comentar o assunto, Anitta explicou, por meio de sua assessoria de imprensa, que o processo foi suspenso por suposta parcialidade da juíza responsável pelo caso. 

Relembre o caso

Anitta e Kamilla Fialho eram melhores amigas e trabalhavam juntas desde 2014. Foi a empresária quem esteve por trás do sucesso da funkeira comShow das Poderosas e, desde então, as duas eram parceiras. Na ocasião, Anitta fazia parte do casting de artistas da K2L, empresa da qual Kamilla é proprietária. 

Até que, em agosto de 2016, Anitta rompeu o contrato, que ainda teria mais cinco anos de vigência, com Kamilla, sob a suspeita de desvio de R$ 2,5 milhões de suas contas.

Desde o ano passado, quando a cantora cantora decidiu ser sua própria empresária, sua carreira decolou ainda mais não só no Brasil, como fora do país. 




Compartilhar