O Rio Branco

Hoje é 22 de Setembro de 2018

Famosos

Aos 49 anos, Mr Catra morre na luta contra o câncer e deixa 32 filhos

10 de Setembro de 2018 às 09:36:24

Notícia triste para os fãs e admiradores do cantor Mr Catra. Ele, que vinha lutando contra um câncer gástrico, morreu na tarde deste domingo, às 15h20, na luta pela vida. Mr Catra deixa 32 filhos e estava internado no Hospital do Coração em São Paulo há alguns dias.

A morte de Mr Catra também foi confirmada pela assessoria de imprensa dele.

Veja o comunicado: “É com enorme pesar que comunicamos o falecimento do amigo e cliente, Wagner Domingues Costa o Mr Catra, que nos deixou na tarde deste domingo, 09, em decorrência de um câncer gástrico. O cantor e compositor estava internado no hospital do Coração (HCor), em São Paulo, e já vinha lutando contra a doença. A informação foi dada a família pelo cirurgião oncológico, Dr. Ricardo Motta, por volta das 15h20 da tarde. Catra deixou três esposas e 32 filhos. Neste momento de sofrimento, agradecemos o carinho, cuidado e compreensão dos amigos da imprensa, e pedimos, gentilmente, para que respeitem o momento de tristeza da família”.

 

MR CATRA FICOU CEGO E TEVE AVC

Mr. Catra, que estava tratando de um câncer no estômago, estava fazendo quimioterapia há alguns meses. Ela descobriu a doença em janeiro de 2017, mas manteve a notícia longe da mídia.

“Graças a Deus eu descobri no ‘iniciozinho’ um nódulo no estômago… graças a Deus foi muito mais fácil de curar do que se fosse de outra forma”, disse o funkeiro ao repórter Roger Turchetti  do Fofocalizando.

“É um baque, pô, descobrir que você tá doente…”, disse ele sobre saber da doença. “Veio Deus, veio tudo o que eu já fiz na minha vida, fiquei debilitado, debilitou… me debilitou bastante, eu fiquei bastante cansado”, disse Catra sobre o que se passou em sua cabeça ao saber do câncer e como se sentiu com o início do tratamento”.

Sobre a sua piora durante o tratamento, ele confessou: “Eu me descuidei, cheguei a níveis de glicose no organismo que foi acima de… elevadíssimo. Os caras falaram assim ‘Mano, é um milagre você estar aqui em pé desse jeito aqui’”, declarou.

Sobre o dia 5 de dezembro, ele disse: “Eu dei uma vacilada com o meu tratamento… eu comecei a me sentir mal e pensei que era sintoma da quimioterapia, sendo que um dos remédios deu uma pancreatite”.

“Então você chegou em estado grave no hospital?” perguntou o repórter do SBT. Catra respondeu: “Gravíssimo! A ponto de ficar cego, de ter um AVC… foi Deus, irmão (que me salvou). Não tem outra explicação”.

Catra havia dito ainda que não ingeria mais álcool e que quase parou de fumar: “Antes eu fumava três maços por dia, hoje são três cigarros”. Sobre o medo da morte, ele disse que não. “Não. Eu tenho medo de perder a fé”.

 

OTVFOCO




Compartilhar