Nenhuma ocorrência policial foi registrada nos três primeiro dias de SBPC , afirma Polícia Civil

 

Wanglézio Braga

“Nenhuma ocorrência foi registrada nos três primeiros dias de SBPC”, assim afirmou o agente de Polícia Civil, Nayck Trindade ao fazer um balanço das atividades no Posto de Segurança da 66ª Reunião da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) que acontece entre os dias 22 a 27 de Julho na Universidade Federal do Acre.

De acordo com Box da Delegacia Itinerante nenhum roubo, furto e agressão foram registrados pela polícia durante os dias três primeiros dias. O fato chamou atenção dos organizadores do evento e até mesmo dos próprios agentes de segurança.

“O nosso Box foi criado para registrar as ocorrências dentro da Universidade e encaminhar para as delegacias de cada jurisdição. Ou seja, se tivermos uma agressão a mulher, Boletim de Ocorrência (BO) é feito aqui e encaminhamos para a DEAM”, explicou.

Para proporcionar segurança dentro da Instituição nos dias de SBPC, um acordo entre as policias e até com o exercito brasileiro foi assinado. Participam da força de segurança a Polícia Civil e Militar do Acre, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Federal e soldados do Exército.

Quem circula pelos espaços aprovou a iniciativa. “Aqui nós andamos livremente! Tem muita segurança, até o exército está presente. Diferente de outros estados que sediaram a SBPC que precisávamos ficar de olhos bem atentos e reversando para não correr o risco de roubar ou ser assaltado”, disse a Cientista do Rio Grande do Sul, Pâmela Negreiros.

Mesmo assim os participantes precisam redobrar atenção. O agente da PC diz que é preciso demostrar educação de segurança ao circular pela instituição. Ele disse que é preciso evitar usar telefones celulares na frente de qualquer suspeito, andar em grupo, evitar os ramais escuros da instituição, não deixar mochilas com objetos valiosos como notebooks, celulares e tabletes, sozinhas em salas de aula.