O Rio Branco

Hoje é 26 de Setembro de 2017

Educação

Ufac realiza premiação da Obmep

31 de Julho de 2017 às 17:25:38

 A Universidade Federal do Acre (Ufac) realizou na manhã desta segunda-feira (31) a cerimônia de premiação de estudantes, professores e escolas destaques na edição 2016 da Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep).

 A cerimônia contou com a presença da reitora em exercício, Guida Aquino; do coordenador regional da Obmep, José Ivan Ramos; do representante do Mestrado Profissional de Matemática em Rede Nacional (Profmat), Sérgio Brasil; e do diretor do Instituto de Ciências, Matemática e Filosofia, Alessandro Nasserala.

 “Temos certeza que em breve esses jovens estudantes estarão aqui na Ufac nos mais diferentes cursos, afinal a matemática está presente em todas as áreas do conhecimento”, disse Aquino. “A Obmep presta um grande serviço a todo o país ao descobrir e incentivar novos talentos”, destacou.

 Realizada pelo Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) com recursos do Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação (MCTI) e do Ministério da Educação (MEC), a Obmep é dirigida a estudantes a partir do 6° ano do ensino fundamental das escolas públicas e tem como objetivo incentivar o estudo da matemática e promover boas práticas no ensino da disciplina.

 Nesta edição, o Colégio de Aplicação (CAP) garantiu duas das medalhas conquistadas pelos estudantes de Rio Branco. “Foi uma prova bem tranquila. Não estava pensando em medalha. Eu me concentrei simplesmente em fazer a prova e deu certo”, comemorou uma da medalhistas da escola que integra a universidade, Adriele Maria. “Ainda estou em dúvida com relação à carreira que devo seguir, mas a prova já me serviu para mostrar uma primeira possibilidade”, divertiu-se a jovem que participou da olimpíada pela primeira vez.

 Mais experiente, Amanda Real, exibia orgulhosa as três medalhas já conquistadas através da competição. “A matemática é a minha disciplina favorita. Para dizer a verdade, eu não entendo muito bem a dificuldade que as pessoas têm com essa matéria. É algo tão simples”, comentou. “O segredo é calma e concentração. A matemática exige muito raciocínio lógico e, muitas vezes, o enunciado da questão já traz a resposta”, ensinou a estudante medalhista, revelando o segredo do sucesso nas provas.

 

 

Assessoria

 




Compartilhar