IFAC capacita mais de 300 pessoas em cursos profissionalizantes no Vale do Juruá

Com o compromisso de levar a educação profissionalizante de formação Inicial e Continuada (FIC) em lugares de difícil acesso, o Instituto Federal do Acre – IFAC já capacitou mais de 12 mil pessoas em todo Estado, através do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego - PRONATEC.

Em junho, mais de 300 pessoas foram certificadas no Vale do Juruá nos cursos de Piscicultor, Agricultor Familiar, Agente de Desenvolvimento Cooperativista, Montador de Andaimes, Inglês, Espanhol e Libras Intermediário, Produtor de Mandioca, Açaicultor, Agricultor Orgânico, Viveiricultor e Horticultor Orgânico.  Os cursos aconteceram de janeiro a abril deste ano.

No dia 13, a entrega dos certificados aconteceu pela manhã no município de Rodrigues Alves, localizada a 100 km de Cruzeiro do Sul. A comunidade contemplada desta vez, foi no ramal São Paulo. Ao todo foram certificados 27 moradores que fizeram parte das aulas de Piscicultor. Estiveram presentes na solenidade a coordenadora do Programa no Vale do Juruá, Profa.Maiane do Monte, o gerente da Secretaria de Estado de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (SEAPROF) em Rodrigues Alves, Sebastião Oliveira e representando a comunidade, o senhor Francisco Benedito Mesquita.

Na ocasião, o representante da comunidade e também participante do curso falou da importância da capacitação em Piscicultor e de seus benefícios para famílias. Além disso, o ensino possibilitou a comunidade conhecer melhor sobre as diversas espécies de peixes e quais as espécies mais indicadas e rentáveis para a produção

Para o coordenador da SEAPROF, Sebastião Oliveira, esse é um momento de alegria, pois o curso irá ajudar a melhorar atividade produtiva de cada família do ramal São Paulo. “É gratificante poder participar desse momento e ver a evolução dessa comunidade através da educação”, disse.

 Já a coordenadora do Programa no Vale do Juruá, Profa. Maiane do Monte, parabenizou a todos os concludentes e aos parceiros pelo apoio recebido durante todo o processo de capacitação. “ O Pronatec reconhece a importância deste curso para comunidade. E espero que isso motive-os a buscar sempre por melhores oportunidades, seja na área profissional ou pessoal”, concluiu.]

Também no dia 13, pela tarde, a cerimônia ocorreu no auditório do campus de Cruzeiro do Sul e contou com a presença de familiares, amigos e da diretora geral do Campus de Cruzeiro do Sul, Profa. Liliane Martins, da coordenadora do Programa no Vale do Juruá, Profa. Maiane do Monte e a orientadora Pedagógica, Rainise Pereira.

No evento mais de 170 alunos receberam a qualificação em sete cursos específicos de diferentes eixos tecnológicos. Os cursos são ofertados para atender a necessidade do mercado de trabalho da região.

Em sua fala a diretora geral do Campus de Cruzeiro do Sul ressaltou a importância dos alunos continuarem investindo em sua capacitação. “Este é apenas o início de muitas conquistas que terão ao longo de suas caminhadas”, disse Liliane.

“Parabenizo a cada um de vocês, que agora são profissionais qualificados e certificados em suas respectivas áreas. A qualificação abre as portas do mercado de trabalho”, falou a orientadora pedagógica, Rainise Pereira.

Pronatec- Extrativista

Moradores da Reserva Extrativista Riozinho do Liberdade na Unidade de Gestão Ambiental Integrada (UGAI) em Cruzeiro do Sul receberam no dia 14 de junho a certificação dos cursos de Açaicultor, Agricultor Orgânico, Viveiricultor, Agricultor Familiar, Produtor de Mandioca e Horticultor Orgânico.

Participaram da cerimônia de certificação o analista ambiental do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Pablo Ávila, a presidente da Associação da Reserva Extrativista do Riozinho do Liberdade (ASAREAL), Maria Renilda Santana e a equipe de coordenadores do Pronatec. No total foram 110 moradores que concluíram os cursos ofertados pelo IFAC/Pronatec e estão aptos para exercer uma profissão.

 O analista ambiental do ICMBio, Pablo Ávila, aproveitou o momento para agradecer ao IFAC/ Pronatec pela parceria e por proporcionar a formação profissionalizante e contribuir com desenvolvimento econômico e cultural dos moradores, destacou ainda a importância da ministração de novos cursos na região.

Já para a presidente da Associação da Reserva Extrativista do Riozinho do Liberdade, Maria Renilda Santana, a expectativa agora que seja ofertado novos cursos em diferentes áreas, pois existe na comunidade uma grande demanda.