O Rio Branco

Hoje é 18 de Novembro de 2018

Educação

Escolas e famílias de Rio Branco recebem Acompanhamentos Pedagógicos para fortalecer a educação socioemocional

10 de Setembro de 2018 às 09:26:04

Palestra sobre Comunicação Não Violenta para coordenadores pedagógicos da rede municipal também será destaque

Pioneiro na região norte do país com o trabalho de Educação Emocional e Social nas escolas, o município de Rio Branco, no Acre, recebe, a partir desta segunda-feira (10), mais um ciclo de Acompanhamento Pedagógico presencial. A ação é uma realização da organização Inteligência Relacional, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, com o objetivo de fortalecer o desenvolvimento da metodologia.

Até o dia 14 de setembro, uma consultora pedagógica da Inteligência Relacional e técnicos da Secretaria de Educação irão visitar algumas unidades de ensino da área urbana e rural. Nesses encontros, serão prestadas orientações e suporte necessário aos professores que desenvolvem a metodologia de Educação Emocional e Social nas escolas municipais e aos educadores socioemocionais que realizam o trabalho com famílias.

A partir disso será verificada a aplicabilidade do trabalho e apresentado os caminhos para ampliar os resultados, que já são bastante positivos. No enceramento do ciclo de visitas, uma palestra será realizada no auditório da Secretaria de Educação com um grupo de coordenadores pedagógicos. A temática abordada será “Comunicação Não Violenta”, com o propósito de promover a construção do diálogo e melhorar a convivência no ambiente escolar.   

Desde 2013, a educação socioemocional está inserida na grade curricular das escolas municipais de Rio Branco, envolvendo cerca de 400 educadores e 10 mil alunos do Ensino Fundamental I, além de seus familiares. Com isso, tem sido possível prevenir situações de estresse, bullying, uso e abuso de álcool e drogas, depressão e violência, por meio do desenvolvimento da empatia, do diálogo, da resolução de conflitos e da cooperação, alicerces da construção de uma Cultura de Paz, presentes na Lei Antibullying e também parte integrante da Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

Resultados

Ao longo desses cinco anos de implantação, avaliações mostram que 74% dos alunos melhoraram suas habilidades de relacionamento, ou seja, estão mais comunicativos, empáticos e carinhosos, melhorando a convivência. 71% deles aumentaram, ainda, as habilidades assertivas, apresentando menos comportamentos violentos consigo e com os outros na hora de comunicar suas necessidades.

Além disso, 57% estão mais interessados e participativos durante as aulas, o que promove a melhoria da aprendizagem. Isso também é comprovado pelos dados do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), que apontava a média de 5,5, em 2013, passando para 5,8 em 2015, e 6,5 em 2017, ficando entre as capitais que mais cresceram entre 2015 e 2017. A meta do Ministério da Educação era que as prefeituras chegassem a 2021 com a nota de 6,3, porém, a capital acreana conseguiu a nota acima da previsão e do tempo estipulado, se tornando a terceira capital com a melhor média do país.

SERVIÇOS:

Acompanhamento Pedagógico nas escolas municipais de Rio Branco – Metodologia de Educação Emocional e Social

Quando: De 10 a 14 de setembro

Horário: Manhã e tarde

Onde: Escolas municipais urbanas e rurais

Palestra de encerramento – Comunicação Não Violenta

Quando: 14 de setembro

Horário: Manhã

Onde: Auditório da Secretaria Municipal de Educação.

 




Compartilhar