Mãe que jogou filha do 5º andar segurava facas e dizia coisas desconexas

Fernanda Fernandes Garcia, de 29 anos, indiciada em flagrante por atirar a própria filha de 3 anos de idade do quinto andar de um edifício da Zona Oeste nesta sexta (24), disse aos policiais – enquanto no parapeito da janela, antes de também se jogar de lá – que cometeu o ato porque o imóvel estava “cheio de gente”.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, a moça segurava duas facas, estava com parte do corpo para fora da janela e afirmava que iria pular. Irredutível na conversa com os agentes, a estudante apresentava sinais de nervosismo, dizia coisas desconexas e chegou a atear fogo em cortinas do imóvel. Com as chamas, os oficiais arrombaram a porta e tentaram resgatar a jovem, que pulou.

Ela foi encaminhada inconsciente ao hospital. Assim que receber alta, deve ser indiciada por homicídio e por causar o incêndio. A criança, chamada Teodora, saiu com poucos ferimentos, pois teve a queda amortecida por um carro que passava.

Vizinhos afirmaram à reportagem de VEJA SÃO PAULO que Fernanda fazia tratamento psiquiátrico há muito tempo e que teria recebido liberação de morar sozinha com a filha poucos dias atrás. Ela e a menina moravam fazia pouco tempo no local.

 

Veja 


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.