Parte de teto de túnel cai na Zona Sul do Rio de Janeiro

Parte do teto do túnel acústico Rafael Mascarenhas, que liga a Zona Sul à Zona Oeste do Rio de Janeiro, caiu no fim da manhã desta sexta-feira, 17. Placas de concreto da estrutura atingiram a parte da frente de um ônibus da linha 104, que faz o itinerário São Conrado-Rodoviária.

Em entrevista ao canal Globonews, o motorista do ônibus disse que viu quando o teto desabou e que ninguém no veículo se feriu. “Vi a ribanceira caindo e joguei o ônibus para parar o trânsito”, afirmou.

O túnel acústico Rafael Mascarenhas e o túnel Zuzu Angel, que vem logo em seguida, estão com o trânsito interditado nos sentidos São Conrado e Gávea, o que impacta o trânsito na auto-estrada Lagoa-Barra. Segundo o Centro de Operações da Prefeitura, a ponte da Joatinga, que liga a Barra da Tijuca a São Conrado, tem pontos de bloqueio da CET-Rio, que elaborou um plano de contingência para a região por conta do desabamento.

Como a Avenida Niemeyer, outra via de acesso entre as zonas Sul e Oeste, também está fechada devido a um deslizamento de terra nesta manhã, os motoristas podem transitar entre as duas regiões por meio do Alto da Boa Vista, de onde é possível acessar uma estrada que chega ao Horto. Outra opção é a Estrada da Gávea, que passa por dentro da favela da Rocinha.

O metrô entre as estações Jardim Oceânico, no início da Barra da Tijuca, e General Osório, em Ipanema, também é uma alternativa.

Às 10h55, antes da queda do teto do túnel, o Centro de Operações informou que o Rio havia entrado em estágio de crise por ocorrências que afetam a mobilidade na cidade, incluindo o deslizamento que levou ao bloqueio da Avenida Niemeyer e um acidente no túnel Rebouças, principal ligação entre as zonas Sul e Norte do Rio de Janeiro. A cidade foi atingida por fortes chuvas na manhã de hoje.

 

VEJA


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.