Criança mata padrasto com facada para proteger mãe e irmão de agressão

Um homem, de 43 anos, foi morto a facadas pelo enteado de 11 anos na segunda-feira (10) em Campinas, no interior de São Paulo. De acordo com o boletim de ocorrência, o menino agrediu o padrasto para proteger o irmão de 15 anos e a mãe, de 40, que estariam apanhando. As informações são do jornal Agora.

Segundo o boletim, a discussão começou porque a energia da casa foi cortada, devido ao atraso nas contas de luz. A mãe relata que, durante a briga, o homem partiu para cima dela. O filho de 15 anos tentou intervir, mas acabou imobilizado com um mata-leão e agredido com socos no rosto.

Ao presenciar a cena, a criança de 11 anos pegou uma faca na cozinha e atingiu o padrasto duas vezes, um dos golpes foi no pescoço. O homem ferido abriu a porta da casa e saiu para pedir socorro. Ele foi ajudado por uma vizinha, mas morreu no local.

A mãe e os dois filhos foram até a  2ª Delegacia Seccional, onde registraram a ocorrência. A criança foi encaminhada à Vara da Infância e da Juventude. O Tribunal de Justiça de São Paulo afirmou que não comenta o caso, pois ele corre em segredo de Justiça.

 

IstoÉ


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.