O Rio Branco

Hoje é 23 de Janeiro de 2019

Brasil

Lutadora de MMA reage a tentativa de assalto e espanca suspeito

07 de Janeiro de 2019 às 11:40:48

Especialistas em segurança não aconselham reagir a uma tentativa de roubo. Mas se você é uma lutadora de UFC e campeã de Jiu-jitsu pode ser mais difícil se segurar. Foi o que aconteceu com a brasileira Polyana Viana, de 27 anos. Na noite do último sábado, no Rio de Janeiro, um homem tentou roubar o celular da lutadora. Ela reagiu e conseguiu ajudar a polícia a prendê-lo.

Polyana contou ao site de lutas americano 'MMA Junkie' que esperava um uber na porta de um complexo de prédios em Jacarepágua, Zona Oeste do Rio de Janeiro, quando um homem se aproximou.

"Ele me perguntou a hora, eu disse e vi que ele não ia sair. Então eu já mudei para colocar meu celular na minha cintura. E então ele disse: 'Me dê o telefone. Não tente reagir porque estou armado'. Então ele colocou a mão (uma arma), mas percebi que era muito mole", afirmou Polyana ao site americano.

O homem não contava que a moça de jeito delicado, acabaria com ele. “Ele estava muito perto de mim. Então pensei: 'Se é uma arma, ele não terá tempo de pegá-la'. Eu me levantei, dei dois socos e um chute. Ele caiu, então eu o peguei com um mata leão. Depois sentei-o no mesmo lugar em que estávamos antes e disse: 'Agora vamos esperar pela polícia'”, explicou a lutadora.

Dana White, presidente do UFC, comemorou o feito da brasileira no Instagram. "À esquerda está @polyanaviana, uma das nossas @UFClutadores e à direita é o cara que tentou roubá-la"

Polyana é conhecida como Dama de Ferro. Tem 12 lutas pelo UFC, dez vitórias e somente duas derrotas. 

 

 

R7




Compartilhar