Governo do Estado começa recuperação do aeródromo de Jordão

O governo do Estado, em parceria com a prefeitura de Jordão, começa nesta quarta-feira, 18, a recuperação da pista do aeródromo de Jordão. Uma das quatro cidades do Acre isoladas via terrestre, só é possível chegar a Jordão de barco ou avião. Por isso, o Departamento Estadual de Estradas de Rodagem do Acre (Deracre) inicia o trabalho de tapa buracos neste inverno e planeja no verão um trabalho de recuperação mais abrangente.

Segundo o diretor-presidente do Deracre, Ocírodo Oliveira, já foram encaminhadas 100 sacas de cimento além de brita para o município a fim de realizar a operação tapa buraco da pista. A prefeitura de Jordão será responsável por ceder a areia necessária e a mão de obra. “Faremos um trabalho paliativo nesse período de chuvas para que a pista continue operante, não isolando o município”, disse Ocírodo.

Apoio federal – O governo federal anunciou em fevereiro, por intermédio da Secretaria de Aviação Civil (SAC), que investirá R$ 2 bilhões em reforma e construção de 80 aeroportos de oito estados da região amazônica. O Acre é um dos contemplados pelo recurso. Estão previstas intervenções nos aeroportos de Rio Branco, Cruzeiro do Sul e Tarauacá e nos aeródromos de Porto Walter e Marechal Thaumaturgo.

Os primeiros processos licitatórios devem ser iniciados a partir de julho deste ano, e o prazo estimado para as reformas é de 8 a 18 meses. Em entrevista concedida ao site da SAC, o ministro-chefe da aviação civil, Eliseu Padilha, afirmou que o enfoque na região amazônica permitirá não só a interiorização do transporte aéreo, como também do desenvolvimento econômico da área.

 

Agência de Notícias do Acre


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.