O Rio Branco

Hoje é 25 de Setembro de 2017

Acre

Cartório de Epitaciolândia é uma referência para os municípios acreanos

03 de Agosto de 2015 às 09:41:05

Da redação

Buscando oferecer um atendimento de qualidade e excelência, sempre trabalhando da melhor maneira possível, no intuito de atender a demanda da população de Epitaciolândia, município localizado a 217 km da capital acreana, Rio Branco, o Cartório de responsabilidade da tabeliã, Valéria Cristina Aquino, vem ganhando destaque e credibilidade por todo o serviço prestado em prol da comunidade do pequeno município. O grupo funcional do cartório é composto por mais de 10 profissionais, capacitados e aptos em diversas funções como atendimento direto ao público, relações humanas e sociais entre outras.

A gestão administrativa do cartório trabalha de maneira dinâmica e moderna, seguindo as principais referências do mercado nacional e internacional e conta ainda, com uma arquitetura exclusivamente pensada para atender a demanda da comunidade. A estrutura física e arquitetônica do Cartório de Epitaciolândia foi totalmente planejada pensando nos serviços e atividades realizadas pela instituição.

Os investimentos realizados em prol da população pelo cartório são inúmeros e estão relacionadas ao conforto, praticidade e a versatilidade durante o atendimento ao público. O local que é climatizado possui um sistema de segurança específico, vários pontos de atendimento, sala de espera e reuniões e espaço de convivência.

 

Trabalho e privatização do setor

A renomada tabeliã, Valéria Cristina Aquino, recebeu a nossa equipe de reportagem na última sexta-feira, 31, e detalhou o trabalho que vem sendo desenvolvido por sua equipe e falou também sobre o processo de privatização dos cartórios no Estado.

“O Estado do Acre entrou no processo de privatização dos cartórios recentemente e durante todos esses anos, o serviço era de responsabilidade pública. Com a exigência dos concursos públicos, iniciou vários processos de qualificação para que, hoje, os cartórios do Estado do Acre possuíssem tabeliães aptos a desenvolver a atividade”, comentou.

A tabeliã falou ainda sobre a importância da privatização para a elevação da qualidade do serviço prestado para a população.

“Antes da privatização, tínhamos cartórios defasados, serviços prestados de maneira equivocada, porque os responsáveis pelos cartórios não eram formados em direito, os valores cobrados eram irrisórios, porque todo o serviço cartorário era custeado pelo Estado”, detalhou.

 

Melhorias para a população

Com a privatização dos cartórios a realidade mudou significativamente e os investimentos e a contratação de profissionais qualificados estão mudando a realidade do trabalho oferecido pelos cartórios.

 “A partir do momento que a gente tem uma privatização, o serviço melhora porque o tabelião investe, contrata funcionários, aluga ou compra um prédio que vai atender a demanda da população, monta uma equipe capacitada apta a atender a população com qualidade e tudo isso vai refletir na excelência do trabalho oferecido pela instituição”, explicou.

A doutora Valéria Cristina detalhou, ainda, os gastos necessários para construir e manter um cartório com os padrões e referências dos grandes centros do país. “Para chegarmos a esse nível vários investimentos foram realizados tanto nas estruturas físicas do cartório como também na capacitação dos profissionais atuantes. O nosso prédio possui mais de 400 metros quadrados, contamos com uma sala de espera confortável, ampla e climatizada, banheiros aconchegantes e todos os detalhes necessários para o atendimento de pessoas com necessidades especiais  a acessibilidade sempre foi uma das preocupações da nossa administração”, relatou.

A gestão administrativa do Cartório de Epitaciolândia busca trabalhar de maneira coletiva e plural com o objetivo de oferecer para a população o mesmo atendimento ofertado nos principais cartórios do país.

“Mesmo sabendo que a economia do nosso município não é tão forte, construímos essa estrutura com toda a atenção possível sem deixar nada a desejar para as pessoas que procuram os serviços oferecidos pelo nosso cartório. O nosso trabalho é contínuo e todos que visitam o nosso cartório aprovam o nosso trabalho e elogiam a nossa sede, o que é muito gratificante para a nossa gestão”, afirmou.

Sempre existiu, por parte da população, uma grande crítica aos serviços oferecidos pelos cartórios atuantes na capital e no interior do Estado, mas atualmente esse cenário está mudando e o modelo de trabalho desenvolvido pelo Cartório de Epitaciolândia vem ganhado o gosto da população.

A empresária, Francisca Nascimento, afirmou que ficou surpresa com o nível do atendimento e com a estrutura física do Cartório de Epitaciolândia. “Estou muito surpresa e satisfeita com o atendimento que recebi dos atendentes do cartório. Iniciativas como essa que buscam oferecer uma melhor qualidade no serviço oferecido à população servem de exemplo para outros seguimentos empresariais que também precisam evoluir e seguir o exemplo deste cartório”, declarou a empresária.

O aposentado. Emanuel Guimarães, também parabenizou a equipe gestora do cartório e detalhou, ainda, a importância da instituição para o desenvolvimento do município. “Esse cartório é a prova que a evolução e o desenvolvimento está chegando no nosso município. Atendimento rápido, profissionais capacitados e toda uma estrutura montada pensando no conforto da população comprovam o comprometimento da instituição com um serviço de qualidade e ético oferecido para a comunidade de Epitaciolândia”, finalizou.




Compartilhar