O Rio Branco

Hoje é 27 de Junho de 2017

Acre

Abastecimento de água marca nova fase de vida para moradores do Jordão

30 de Agosto de 2015 às 07:18:55

São muitas as influências negativas que a falta de água e saneamento básico trazem para as pessoas, colocando em risco a saúde, e comprometendo a qualidade de vida. Esta é uma dura realidade que deixa de existir para centenas de famílias das áreas urbanas de Jordão, que há menos de um mês receberam do governo do Estado, a primeira Estação de Tratamento de Água (ETA) do município.

Com uma população estimada em quase oito mil habitantes, a maioria de seus habitantes são indígenas. A ETA veio para garantir 100% de abastecimento de água em todas as residências urbanas, todos os dias, e o dia todo, com uma capacidade de produção para os próximos 20 anos.

O desafio

(Foto: Assessoria Depasa)

(Foto: Assessoria Depasa)

“Aqui foram impostos desafios. Imaginava que aquela ETA ia cair pelo menos umas três vezes no rio, e a gente ia ter que esperar mais um período para trazê-la até aqui”, contava o governador Tião Viana aos moradores durante o evento de entrega da estação. A ação resulta de uma parceria entre o governo do Estado e a prefeitura.

“Estamos no meio da Amazônia e tínhamos uma comunidade que sofria com a falta de água constantemente. O abastecimento no Jordão era dia sim, e três não. Isto porque a nossa produção de água aqui era insuficiente”, lembra o diretor do Departamento de Pavimentação e Saneamento (Depasa), Edvaldo Magalhães.

Graças ao esforço e uma grande mobilização feita pelas equipes de governo e prefeitura, foi possível instalar a nova ETA, mesmo sendo no período de verão quando a navegação é difícil na região.

Nova fase com qualidade de vida

Freitas conta que ficava até três dias sem água, mas hoje essa preocupação não existe (Foto: Fábio Fernandes/Assecom Jordão)

Freitas conta que ficava até três dias sem água, mas hoje essa preocupação não existe (Foto: Fábio Fernandes/Assecom Jordão)

“A situação era difícil, a gente bebia água dos poços e, muitas vezes, até do rio. Não dava para ter escolha e muito menos ficar sem água. Somos muito gratos ao governo porque agora temos água encanada e de boa qualidade”, agradece a jordanense, Marisa Samuel Kaxinawá.

A dona de casa vive no bairro Kaxinawá com o marido, José Rumão Kaxinawá, e os cinco filhos, e afirma que o abastecimento de água 24 horas trouxe uma nova rotina que não permite comparações com a vida que levavam anteriormente.

Francisco de Freitas também não contém a satisfação pela nova fase de vida. “A gente viveu uma fase em que ficávamos até três dias sem água na torneira, com aquela preocupação de estocar nos baldes, bacias. Hoje essa preocupação não existe. O que existe é uma vida nova, e cem por cento melhor”, comemora o pai de família.

Água, a grande base da saúde

A ação resulta de uma parceria entre o governo do Estado e a prefeitura de Jordão (Foto: Arquivo Secom)

A ação resulta de uma parceria entre o governo do Estado e a prefeitura de Jordão (Foto: Arquivo Secom)

Para Tião Viana, o projeto não se restringe apenas ao abastecimento de água, mas abrange melhorias essenciais como a redução da mortalidade infantil, a queda significativa das doenças em idosos, das internações hospitalares e das transferências de doentes. Isto porque, a água é a grande base da saúde e da qualidade de vida das pessoas.
“A verdade é que ninguém na história do Brasil ousou, em tão pouco tempo, lutar tanto por saneamento como nós. Esse é, sem dúvida, um momento histórico para o Jordão”, conclui o governador.

Agência de Notícias do Acre




Compartilhar