IFAC recebe a comunidade na entrega da sede própria do Campus Tarauacá

A cerimônia de inauguração da sede própria do Campus Tarauacá começou com estudantes montados a cavalo que desfilaram com as bandeiras do Brasil, Acre, Tarauacá e do IFAC e logo após, repassaram as bandeiras para os primeiros servidores do Campus. Com este ato simbólico teve início a inauguração da sede definitiva da unidade do IFAC no município de Tarauacá, na sexta-feira, 27. Estudantes, professores, técnicos, autoridades e comunidade compareceram ao evento e puderam ver de perto a estrutura do novo campus.

O Grupo Pinu Huia Keneya do povo Kaxinawá (Huni-Kuin) se apresentou no início da solenidade. Em seguida, o Coral do Campus Tarauacá apresentou o Hino Nacional.

O diretor geral do Campus Tarauacá, Prof. Sérgio Flórido agradeceu a todos que contribuíram na instalação da unidade do IFAC no município e na construção da sede própria do Campus. Ele entregou um álbum com todo o histórico da construção do Campus à reitora. O diretor recebeu uma placa de homenagem dos servidores como agradecimento pela sua contribuição na Direção Geral da unidade.

Representando o Governo do Acre, a diretora-presidente do Instituto Dom Moacyr (IDM), Rita Paro afirmou que o espaço onde o campus foi construído foi doado pelo governador Tião Viana e que essa parceria do Estado com o IFAC demonstra o compromisso do Governo com a oferta de Educação no Acre.

Como representante do Ministério da Educação (MEC), o assessor na Setec, Rafael Almada lembrou a entrega da placa inaugural do Campus Tarauacá juntamente com 40 novos campi de 21 institutos federais, no dia 09 de maio, pela presidenta eleita Dilma Rousseff, em Brasília. Almada falou da importância que o Governo Federal conferiu a educação profissional e da interiorização do ensino que permitiu a criação de unidades dos institutos federais em municípios como Tarauacá.

O deputado federal Sibá Machado falou sobre as oportunidades criadas pelo IFAC para a juventude de Tarauacá, principalmente para estudantes de baixa renda já que o Instituto oferece ajuda de custo visando à permanência desses alunos nos estudos. O deputado finalizou sua fala garantindo que “o IFAC é só o começo, queremos ver os estudantes daqui nas melhores instituições do Brasil e do mundo”.

O prefeito de Tarauacá Rodrigo Damasceno enfatizou que a instalação do IFAC no município ofereceu a possibilidade de os estudantes concluírem seus estudos sem precisar sair da cidade. “Com essa obra bonita e imponente, que nós consigamos construir um futuro brilhante para a nossa população”, concluiu sua fala.

A reitora do IFAC, Profa.Rosana Cavalcante dos Santos, afirmou da importância do momento na história do Instituto e que só foi possível com a vontade de muitas pessoas. Ela também agradeceu ao governador pela doação do terreno para a construção da sede própria do Campus. Rosana falou da honra de participar da cerimônia: “Lembro o dia que vim aqui pela primeira vez visitar a obra e ainda não tinha nada. Então hoje, para mim, é muito especial estar aqui como reitora eleita inaugurando essa obra”.

Também compuseram a mesa de honra o coordenador regional da Fundação Nacional do Índio - Funai no Juruá, Luiz Valdemir Nukuni e a vereadora Janaína Furtado representou os demais parlamentares do município.

A cerimônia foi encerrada com o descerramento da placa do Campus Tarauacá.

Mais espaço para aprender - Para o aluno do 2º ano do curso técnico de Florestas, Mairo de Castro o novo campusé melhor que o anterior principalmente com relação ao espaço. “No antigo campus, quase não sobrava espaço na sala para as aulas da manhã porque elas eram bem menores. Até para aprender era difícil”, contou. “Agora teremos mais espaço para estudar nos contraturnos”, comemorou o estudante.

O aluno Erisvan Silva, também do 2º ano de Florestas, elogiou as novas instalações do Campus Tarauacá. Outro motivo de comemoração para o estudante é a localização da unidade na BR-364, sentido Cruzeiro do Sul. “Agora vai ficar mais fácil chegar no Campus”, disse Erisvan que mora no bairro Corcovado situado na entrada da cidade.

Próximos passos – A estrutura inaugurada representa apenas a primeira fase da obra do Campus Tarauacá. Segundo a equipe da Diretoria de Obras e Infraestrutura (DIROI) foram entregues bloco de sala de aula, administrativo e biblioteca além da finalização do auditório prevista para agosto. As próximas etapas contemplarão o acesso ao Campus como estacionamento, guarita e calçadas e, futuramente, serão construídos refeitório e quadra de esportes no terreno que possui mais de 3.700 metros quadrados.

Com a mudança para a sede própria com um espaço maior, o Campus Tarauacá deve ampliar sua oferta que passará de 200 para 400 vagas, podendo chegar a mais de mil vagas em cursos técnicos e superiores.

Assessoria