O Rio Branco

Hoje é 21 de Agosto de 2017

Acre

Brasiléia se prepara para receber público recorde neste final de semana

30 de Junho de 2017 às 09:33:11

A cidade de Brasiléia, localizada na fronteira e distante cerca de 240km da capital acreana, está quase pronta para um público recorde de aproximadamente 35 mil pessoas, para juntos festejar o aniversário de 107 anos de emancipação política.

Neste ano de 2017, com o nome de Carnavale, a edição contará com a organização da empresa Bial Som, onde trouxe uma grande infraestrutura de palco, som e camarotes, com parceria da prefeitura do Município, Governo Estadual e Sebrae.

O evento onde se espera ser o melhor até agora desde sua primeira edição a mais de 20 anos, aqueceu a economia local lotando a rede hoteleira, oferecimento de residências para aluguel, restaurantes contratando mão de obra extra e renda com trabalhos indiretos durante o evento.

Graças a essa iniciativa público privada, o carnaval fora de época em Brasiléia passa para um novo estágio, onde o Município rediz o gasto do erário público em cerca de 70%, sobrando para que seja investido em infraestrutura local.

Durante toda a semana, a Prefeitura realizou várias atividades dentro da programação alusiva ao aniversário do Município, como hasteamento das Bandeiras com participação de autoridades locais e convidados, exposições culturais, além do desfile cívico que acontece às 18 horas no centro da cidade, na Praça Ugo Poli.

Na programação do evento que se iniciará no dia 30 de junho (sexta-feira), terá como show principal, a banda baiana É o Tchan!. Já no sábado, será a vez da Banda Cheiro de Amor e os festejos se encerra no domingo com atrações locais, Dj’s e convidados.

Segundo foi informado, os foliões contaram com uma grande estrutura por parte das forças de segurança, onde receberão um grande reforço da Capital e municípios vizinho, do DETRAN que irá inibir o excesso por parte de motoristas que queiram dirigir embriagado. Além de contar com o apoio das polícias da cidade vizinha de Cobija, lado boliviano.

 

OALTOACRE




Compartilhar