O Rio Branco

Hoje é 20 de Setembro de 2018

Acre

Governo e prefeitura lançam editais para a realização do Carnaval 2017

26 de Janeiro de 2017 às 08:19:17

Concurso de Blocos com Bateria, Carnaval Comunitário, Bandas Carnavalescas e Realeza do Carnaval são as categorias disponíveis no edital do Carnaval 2017, lançado pela prefeitura de Rio Branco e o governo do Estado na manhã desta quarta-feira, 25, no Clube Sborba.

Ao todo, 20 projetos do carnaval nos bairros serão selecionados. Destes, três serão voltados a locais que nunca participaram.

Os documentos estão disponíveis no site e blog da Fundação Garibaldi Brasil (FGB) e poderão ser entregues até o dia 10 de fevereiro, das 8 às 12h e das 14 às 18h, no Centro Cultural Thaumaturgo Filho, localizado na Travessa Luiz da Silva, nº. 499, bairro Manoel Julião. Os aprovados serão divulgados no dia 13.

Para o Carnaval Comunitário, os órgãos darão apoio com a parte de limpeza, segurança pública, iluminação, banheiros químicos, palco, banda, sonorização de médio porte e tenda.

José Adenilson: “Sem esse apoio, não conseguiríamos realizar o carnaval” (Foto: Diego Gurgel/Secom)

De acordo com o organizador do carnaval do bairro Aeroporto Velho, José Adenilson Fernandes, conhecido como “Negão da Baixada”, o edital é essencial para a realização da festa. “Sem isso, não conseguiríamos realizar o carnaval, pois toda a estrutura é cara para nós da comunidade. É valido o reconhecimento do poder público em ver a importância dessa festa nos bairros”, diz.

O presidente da FBG, Sérgio de Carvalho, lembra os acertos das outras edições: “Nos últimos dois anos, tivemos um índice zero de violência na folia dos bairros, e neste ano esperamos repetir isso. Sabemos também que o modelo adotado fomenta a economia do Acre, o que é muito importante para o comércio local. Esperamos que em 2017 seja mais um carnaval bonito, de família e de alegria”.

Mais detalhes sobre o edital

Na categoria de Blocos Carnavalescos com Bateria, serão selecionados quatro blocos, nos quais disputarão o prêmio de R$ 3 mil no dia 28 de fevereiro, na Gameleira. Uma comissão julgadora avaliará os desfiles com base no cumprimento dos quesitos presentes no edital. Os blocos contarão com apoio financeiro de R$ 5 mil para a aquisição de materiais.

O concurso da Realeza do Carnaval contará com as categorias Rainha, Rainha Gay, Rainha Travesti e Rei Momo. A pré-seleção deve ser realizada no dia 18 de fevereiro, quando serão classificados cinco concorrentes de cada um dos quatro grupos. A etapa final será no dia 24, quando o público conhecerá os ganhadores, que levarão o prêmio de R$ 3 mil e troféu.

Já no edital voltado para as Bandas Carnavalescas, serão escolhidos os grupos que se apresentarão nos bairros entre os dias 24 e 28 de fevereiro. Serão quatro bandas com até três integrantes, cinco conjuntos com até cinco membros e seis ou mais músicos. O resultado será divulgado no dia 16.

A diretora-presidente da Fundação Elias Mansour (FEM), Karla Martins, destaca a importância da descentralização das festas. “Os Carnavais nos Bairros fomentam a realização de uma festa como era antigamente, promovida pelos moradores dentro da própria comunidade. Meu desejo é que seja uma linda celebração”, diz.

Agência




Compartilhar