Produção familiar lança novo tipo de farinha produzida em Tarauacá

A segunda noite de Expoacre foi de novidade na Fazendinha, local onde estão concentrados os estandes da produção familiar.

Produtores rurais do Projeto de Assentamento Tauari, em Tarauacá, aproveitaram a grande movimentação neste domingo, 24, para apresentar um tipo de farinha de mandioca pouco conhecido em Rio Branco.

A melhitos, como é chamada a farinha, é bastante consumida nas regiões do Tarauacá/Envira e Juruá, mas praticamente não é encontrada em outros municípios do Acre.

Com sabor e textura diferentes da farinha convencional, os produtores aproveitam a Expoacre para divulgar o produto.

Quem passou pelo estande teve a oportunidade de degustar e opinar sobre a novidade. “Achei muito gostosa. Já tinha ouvido falar, mas nunca havia experimentado. Vou aproveitar e levar alguns quilos para casa”, disse a aposentada Ana Célia Bezerra.

Além da degustação, é possível acompanhar a fabricação  da farinha. O produtor Jairo Maciel veio de Tarauacá para mostrar como se faz o produto.

Ele explica a diferença da melhitos para a farinha convencional. “Por incrível que pareça, não é tão diferente da farinha comum. O segredo, que faz toda a diferença, é na hora de torrar”, afirma.

Maciel produz cerca de 750 quilos do produto por mês e comercializa em Cruzeiro do Sul.