Armazém de abastecimento de Manoel Urbano receberá produção local

Com capacidade para 600 toneladas, o armazém de abastecimento de Manoel Urbano, da Companhia de Armazéns Gerais e Entreposto do Acre (Cageacre), será reativado nos próximos meses em uma parceria com a Secretaria de Agropecuária (Seap).

Com a safra de colheita de café se aproximando no município, as duas instituições estão garantindo um apoio para o produtor beneficiar o grão. O local possui uma secadora de arroz e outra para grãos em geral, possibilitando o beneficiamento de outros produtos dos agricultores familiares da região.

“Com essa parceria, o governo está valorizando seu patrimônio e dando uma oportunidade para os produtores agregarem valor ao seu trabalho”, afirma José Reis, titular da Seap, que fará uma grande manutenção nos equipamentos e no próprio prédio.

Para Daniel Melo, presidente da Cageacre, “essa parceria só fortalece as ações do governo do Estado para quem mais precisa”. A instituição conta com outros armazéns em todo o estado, que estão em pleno funcionamento neste período de colheita de milho e arroz. Só este ano, instalou três novos secadores de grãos nos escritórios de Acrelândia, Plácido de Castro e no distrito de Vila Campinas, pertencente também ao município de Plácido, investimento de mais de R$ 2,3 milhões.

Produção em Manoel Urbano

No último sábado, produtores de Manoel Urbano receberam, com muita alegria, o pagamento do bônus pelo Programa de Certificação de Unidades Produtivas Familiares Sustentáveis, gerido pela Secretaria de Estado de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof). “O investimento que foi feito na agricultura familiar daquele município e a parceria para o uso deste armazém demonstram o compromisso do governo com o setor rural de Manoel Urbano”, afirma João Taumaturgo Neto, titular da Seaprof.


Lavar as mãos
A lavagem deve ser feita frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos, respeitando os 5 momentos de higienização.


Não tocar o rosto
Evite encostar as mãos não lavadas na boca, nos olhos e nariz. Essas são as principais portas de entradas do coronavírus no organismo.


Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar
O ideal é usar cotovelo ou lenço. Se utilizar papel, jogue fora imediatamente.


Usar álcool em gel
Se não houver água e sabonete para lavar a mão, use o álcool gel 70%, que é eficiente para matar o vírus e outras possíves bactérias.


Evitar contato se estiver doente
Quem está com sintomas de doença respiratória deve evitar apertar as mãos, abraçar, beijar ou compartilhar objeto. Se puder, fique em casa.

Usar máscara se apresentar sintomas
Quem está com sintomas como tosse e espirro deve usar máscara mesmo sem o diagnóstico confirmado de covid-19.