O Rio Branco

Hoje é 21 de Setembro de 2018

Acre

Governo intensifica novas obras de saneamento integrado em Marechal Thaumaturgo

23 de Junho de 2018 às 20:05:53

O compromisso de garantir um sistema de infraestrutura que interfira diretamente no bem-estar, na qualidade de vida e nos indicativos de saúde e desenvolvimento humano dos moradores da cidade Marechal Thaumaturgo, segue em plena atividade pela gestão Tião Viana.

Através do Programa de Saneamento Ambiental e Inclusão Socioeconômica do Acre (Proser), o governo do Estado aplica no município os serviços de tratamento e distribuição de água, rede de esgoto e demais frentes de infraestrutura como exemplo, a construção da rampa de acesso ao terminal de transbordo.

No meio de tantas obras, existe um trabalho já perceptível para quem vive na localidade, que é a pavimentação de ruas, que chega em 2018 à sua etapa conclusiva, para efetivar a entrega de quase nove quilômetros de vias concretadas pelo Departamento Estadual de Pavimentação e Saneamento (Depasa).

“Os serviços já foram reiniciados de forma intensa. A previsão é que a pavimentação seja em 40 dias. Já o novo sistema de abastecimento em 60 dias. Também intensificaremos os trabalhos na rede de esgoto, até o final do verão. Marechal Thaumaturgo será uma nova cidade”, destaca o diretor-presidente do Depasa, Moisés Diniz.

No entanto, para efetuar a concretagem da pavimentação, outro desafio precisa ser superado. Com o grande quantitativo de materiais e o município possuindo apenas duas vias de acesso – aéreo e fluvial – os insumos como cimento, tijolos, brita, ferros e demais maquinários foram enviados em grandes balsas, vindas de Manaus (AM), no último período de cheias dos rios.

“Os trabalhos de estoque de materiais, foram feitos com êxitos no último inverno para garantir a conclusão do programa neste verão. Com a determinação e a coragem do governador Tião Viana, que se desafiou a levar saneamento básico e dignidade as cabeceiras dos rios, e está promovendo uma revolução na historia da infraestrutura do Acre”, relata o Assessor Especial do gabinete do governador para os programas de saneamento, Edvaldo Magalhães.

Quem já testemunha esta nova realidade é Cicero Gomes, popularmente conhecido como Ceará, que reside há quase dezoito anos na região, e possui um comércio na área central do município onde vende eletrodomésticos e artigos em geral. Ele fala sobre a felicidade de ver tantas ações sendo feitas na cidade.

“Sou franco em falar, neste tempo que estou aqui é a primeira vez que vejo um governo que está cuidando da nossa cidade, trazendo tanto investimento. As ruas estão sendo todas pavimentadas, isso já melhora o movimento de pessoas, para ir pra aulas, pra igreja e até vim comprar aqui no meu estabelecimento. Tá todo mundo ganhando com essas obras. Só não ver isso, quem não quer”, comenta Ceará.

Concretagem de ruas

Uma característica dos novos pavimentos das ruas de Marechal Thaumaturgo é a utilização de placas de concreto armado, utilizadas pelos engenheiros do Depasa, com o auxílio da Fundação de Tecnologia do Acre (Funtac).

“O município possui ladeiras de até 72 graus de inclinação e 20 metros de altura, junto de um solo instável, onde construir se torna um grande desafio. Porém, esse tipo de pavimentação está apresentando uma melhor durabilidade para a superfície da região”, relata do diretor-técnico do Depasa, Anderson Mariano.

Coleta de Lixo

Outra ação em destaque no município é a coleta e destinação de lixo, onde equipamentos que complementam os serviços foram destinados à cidade, numa articulação do governo, por meio do Depasa. Um caminhão compactador de 6 metros cúbicos, contêineres de mil litros, lixeiras de coleta seletiva, lixeiras de 240 litros e kit tricargo, contendo motocicleta e carroceria auxiliam as demandas iniciais da parte urbana.

Módulos Sanitários

Também complementam as ações de saneamento integrado feitas pelo governo do Acre, a construção de cinquenta módulos sanitários para as famílias de baixa renda. Os serviços consistem na construção de banheiro com pia, tanque de lavar roupas, lavatório, pia de cozinha, instalações de reservatório domiciliar de água e poço absorvente.

Frandson Barros, um dos beneficiários, reside no bairro Mutirão, expressa a sua satisfação por ser um dos contemplados. “Fiquei muito contente com este benefício, pois nunca teria condições de fazer essas estruturas aqui na minha residência para fazer as coisas de casa e cuidar da nossa higiene. Estou na expectativa pela conclusão dos serviços e de receber água tratada na torneira de casa”, disse Barros.

Abastecimento

Mais um significativo investimento está concentrado na construção de uma nova estação de tratamento de água (ETA) com capacidade de produção de 30 litros por segundo e um reservatório apoiado de 500 mil litros, além de uma casa de química e o escritório de atendimento ao consumidor.

“Temos 80% das edificações prontas. Erguemos uma nova estrutura às margens do Rio Amônia, onde captaremos, trataremos e efetuaremos a distribuição de água para a população urbana. Já com a outra ETA de 30 l/s que está em atividade no Rio Juruá, asseguraremos um pleno abastecimento para as próximas duas décadas” informa o diretor de operações do Depasa, David Bussons.

Educação Ambiental

Numa parceria com a prefeitura, por meio de Secretaria de Meio Ambiente do município, o Depasa promove um trabalho itinerante de educação ambiental com moradores, navegadores e ribeirinhos. O objetivo desta ação é evitar o descarte de lixos nos mananciais, além de divulgar diversas medidas de conservação ambiental e o uso adequado das novas redes de saneamento integrado que estão sendo construídas.

“Vamos nas casas dos pessoas, levamos noções sobre o descarte correto do lixo domiciliar,  ações que evitam a poluição dos rios e também o desperdício de água, além de orientações que eliminem os riscos de acidentes durante as obras, por exemplo, conversamos com pais para não deixem as crianças brincarem perto dos maquinários, ressalva a assistente social do Depasa, Jorciany Gonçalves.

Saneamento Integrado

Com o Proser, a gestão de Tião Viana em Marechal Thaumaturgo, investe R$ 23 milhões oriundos de uma parceria com o Banco Mundial. O programa também recebe o apoio da Secretaria de Planejamento (Seplan). Outras cidades como Porto Walter, Santa Rosa e Jordão também são contempladas com obras de saneamento integrado, num investimento total, entre as quatros cidades, de R$ 100 milhões.

 

Agência




Compartilhar